Subscrever por mail (todos os dias às 07H00):
A mostrar as 51 mensagens mais recentes de 81 de Março 2010. Mostrar mensagens mais antigas
A mostrar as 51 mensagens mais recentes de 81 de Março 2010. Mostrar mensagens mais antigas

Parques há muitos...

Pois é, caro leitor. Parques há muitos, mas como o de Queluz Belas não há nenhum. Se lesse atentamente o Cidadania Queluz saberia porquê!
Ora bem, em primeiro lugar, falemos dos "grafittis", "tags" e da chamada arte urbana. Durante os meus tempos de adolescência, percorri aquele caminho para ir para a escola. Sempre me habituei à ideia, aliás, de tão habituada que estava, nem reparava neles. Acontece que, depois de todos estes anos, as pessoas lembraram-se de reclamar. Parece que afinal de contas, aquilo é anti estético e feio. Não entendo. Se não fizeram nada até agora, porquê reclamar? Qualquer dia torna a estar em voga...
Outro aspecto que acho hilariante é o facto da estação ser gratuita nos dias de chuva. Sim, é inédito! Quem disse que Queluz não evolui? Se quando o sol nasce é para todos, quando a chuva cai é só para os habitantes de Queluz! O Cidadania adverte, as pessoas comentam... Mas será que alguém faz chegar a queixa seja lá onde for? Mesmo que a queixa não se mova, admira-me que, sabendo eu ( e o resto das pessoas... ) que os responsáveis acompanham o Cidadania, comentam, reclamam, criticam, corroem o que é dito e o que não é, nada seja feito. Parece que só falam quando pomos em causa o seu bom nome e o que fazem durante o mandato. Não entendo estas coisas.
Queluz está mal, as freguesias em geral estão mal. Apesar do Monte Abraão permanecer praticamente igual ao longo dos tempos, está bem melhor que Queluz. Queluz está velho, feio e sujo. Precisa de recuperação. Que é do dinheiro da Junta? O que anda a Junta a fazer? O que anda a Câmara de Sintra a fazer? Eu cá não sei. Por acaso gostei da atitude no Monte Abraão. Depois do incêncio que arrasou um quinto andar, vi o jardim traseiro desse predio com a terra remexida. Será que vão, finalmente, criar acessos? Já só falta tentarem facilitar o trânsito. É que foi por isso que os bombeiros não conseguiram chegar de imediato ao apartamento - como o trânsito é infernal, deixam os carros o mais próximo possível do cruzamento que dá acesso à AV. Soldado Joaquim Luís, por onde se entra para o infernal IC19.

Isto é assim: trancas roubadas e ladrão à porta. Não muda mesmo.

Nascimento: "os gajos também querem roer, como é lógico"

O Jornal SOL publicou na passada quinta-feira escutas entre um ex-vereador do Partido Socialista na Câmara Municipal de Sintra e um empresário de Sintra. O ex-vereador teve à sua responsabilidade o Departamento de Obras Municipais no mandato de Edite Estrela. Relativamente ao empresário, ainda desconhece-se a sua actividade.

A 12 de Outubro, José Nascimento, o empresário de Sintra, volta a insistir com Paiva Nunes que têm dois anos para ganhar dinheiro. Comentam o resultado das eleições autárquicas (do dia anterior) em Sintra – de onde Paiva tinha saído de vereador, com a derrota de Edite Estrela para Fernando Seara, em Dezembro de 2001.

Nascimento defende que Seara deveria substituir o vereador do PCP, Baptista Alves, do pelouro dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Sintra – uma lugar cobiçado pelos vereadores que constituem a maioria de qualquer órgão autárquico, tanto pelos investimentos que gere, como pelo número de funcionários que envolve.

Nascimento faz o diagnóstico: «O Seara não tem que voltar a dar o pelouro da SMAS ao vereador comunista. E o PSD e o CDS andam a ver se ele não faz isso, até porque sendo o último mandato não tem necessidade e os gajos também querem roer, como é lógico».

Ministério Público demorou 4 anos a acusar dois técnicos da Câmara de Sintra de corrupção

A 9.ª Secção do DIAP de Lisboa demorou cerca de 4 anos a acusar dois técnicos de corrupção e falsificação. Aos arguidos foram imputados os "crimes de falsificação de documento, de corrupção passiva para acto ilícito e foi feita liquidação em vista a perda da vantagem ilícita do crime".

Segundo comunicado do dia 12 de Março da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, além do salário enquanto funcionários da Câmara Municipal de Sintra, os dois funcionários públicos dedicavam-se à "obtenção e venda, a sociedades, de alvarás habilitantes para a actividade de construção civil, alvarás que são emitidos pelo IMOPPI/ICI IP e que eram da titularidade de outras sociedades e que os arguidos, ilicitamente, copiavam ou instruíam com elementos forjados, cedendo-os a troco de dinheiro a promotores que não estavam legalmente titulados, e que assim puderam obter, junto dos serviços de uma Câmara Municipal, alvarás para operações urbanísticas de edificação." Segundo o Jornal Público, cada conjunto de alvarás forjados custava entre os 1000 e os 5000 mil euros.

Corrupção em 16 Câmaras Municipais

Empresários de construção civil estavam envolvidos e já foram acusados dois. Em causa estão 166 obras e 16 Câmaras Municipais que deverão ser investigadas caso haja meios.

Departamentos Centrais de Investigação e Acção Penal paralisados

Na "Comissão eventual para o acompanhamento político do fenómeno da corrupção e para a análise integrada de soluções com vista ao seu combate" do Parlamento as opiniões são unânimes. A PJ não tem os meios adequados o que paralisa os inquéritos. Ver declarações da Procuradora do DIAP do Porto:

Parque de estacionamento da estação Queluz-Belas vandalizado

O parque de estacionamento da REFER na estação de Queluz-Belas encontra-se vandalizado, com viaturas abandonadas e pode não estar a cumprir legislação relativa ao preçário.

Imagens actuais:

Aldi já tem processo de licenciamento a decorrer na Câmara Municipal de Sintra

 A Polícia Municipal de Sintra esteve no local onde decorrem trabalhos ao lado do bairro 1º de Maio, em Monte Abraão. Segundo a Polícia Municipal tratam-se de  "trabalhos de limpeza de terreno." Foi ainda  vedada "a propriedade com estacas de madeira e rede." Ora estes trabalhos estão isentos de licença.

A Câmara Municipal de Sintra informa ainda que a Aldi Discount – Supermercados, Lda tem a decorrer um processo na Câmara Municipal de Sintra com o número OB/482/2009 – LT/10552/1988.

Salão Nobre dos Bombeiros de Queluz encheu para a peça "Anfitrião"

"Anfitrião foi um sucesso tremendo" diz Mafalda Santos, encenadora da nova associação cultural da cidade de Queluz: a Aproximarte.

Mais de 200 pessoas presentes

Segundo Mafalda Santos estiveram 220 pessoas a assistir à primeira peça de teatro da Aproximarte. A encenadora agradece no facebook todos os que acreditaram no projecto e garante que "este foi só o primeiro!"

Pedro Passos Coelho venceu na secção de Queluz do PSD

Segundo a JSD Queluz, Pedro Passos Coelho foi o candidato mais votado entre os militantes do PSD Queluz. Pedro Passos Coelho, obteve 69 votos, Paulo Rangel 60 votos, Aguiar Branco 9 votos e houve um militante que votou em branco.

Recorde-se que desde o dia 26 de Março, Pedro Passos Coelho é o novo líder do PSD.

Pedro Passos Coelho é o novo líder do PSD

Pedro Passos Coelho é o 18º líder do PSD, vencedor com mais de 60% dos votos dos militantes do PSD.

Pedro Passos Coelho vive em Massamá mas não votou na secção de Queluz

Pedro Passos Coelho, candidato a viver na cidade de Queluz, votou hoje na secção D de Lisboa.

PT Comunicações retirou cabines telefónicas abandonadas e responsabilizou REFER pelo abandono

A PT Comunicações disse hoje que os cabines telefónicas abandonadas na estação de Queluz-Belas foram pedidas pela REFER, que depois não disponibilizou os "encaminhamentos internos" da sua responsabilidade.

"A REFER solicitou à PT a instalação de 4 Telefones Públicos (dois para o piso -1 e os outros dois para o piso 1) e para os quais não disponibilizou os respectivos encaminhamentos internos (que são responsabilidade do cliente)," afirmou um responsável da PT Comunicações.

Nos dois pisos, só no último semestre de 2008, foram disponibilizados os encaminhamentos para dois telefones públicos no piso 1, já em funcionamento. Para o piso -1 a REFER nunca disponibilizou os encaminhamentos.

"Por ausência de resposta conclusiva da REFER" a PT Comunicações removeu hoje "os habitáculos."

REFER disse que a estação de Queluz-Belas estava concessionada à CP

A REFER, quando questionada sobre os telefones públicos abandonados, referiu que a estação de Queluz-Belas estava concessionada à CP e não tinha quaisquer responsabilidades. Resta saber por que é que pediu os telefones públicos.

Já não há cabines telefónicas abandonadas na cidade de Queluz

Desde hoje que já não existem cabines telefónicas abandonadas na cidade (que conheçamos). As duas cabines telefónicas sem telefones na estação de Queluz-Belas já foram retiradas. Nunca chegámos a saber se algum dia chegaram a ter telefones.

EN117 podia ter melhor manutenção da Estradas de Portugal?

A Rua Alexandre Herculano, ou a chamada EN117 na freguesia de Belas, é a estrada que talvez apresente mais problemas em todo o seu traçado:
  • Falta de passeios;
  • Alcatrão mal colocado (perigo para os ciclistas);
  • Entulho espalhado pelas bermas;
  • Edifícios em riscos de derrocada;
  • Construção em leito de cheia;

O facto de se permitir que a estrada chegue a este estado serve para se criar a urgência de se construir uma via rápida em pleno leito de cheia?

Apesar da hora em que estivemos no local (de ponta), a estrada não estava congestionada, pelo que a estrada da Xetaria poderia ser uma alternativa caso seja necessária a requalificação da EN117.

Fotos de alguns problemas identificados:

Estação de Queluz-Belas com falta de manutenção

A estação de Queluz-Belas já apresenta vários sinais de falta de manutenção. Os graffitis não são lavados a, iluminação não é substituída, existem cabines telefónicas abandonadas e caixotes do lixo estragados.

Há uma semana foi detectada outra situação: todas as canalizações por debaixo da estação encontram-se com rupturas ou deslocadas. A água que agora cai no alcatrão, quer no estacionamento da Refer quer na via pública, está a abrir buracos na estrada.

A empresa Refer afirma que a estação de Queluz-Belas está concessionada à CP que não responde.


Quando chove, parque de estacionamento da Refer fica sem preçário

O parque de estacionamento da Refer na estação de Queluz-Belas tem várias particularidades. Só é pago no horário de expediente do funcionário(a) que estiver no local, ou seja, de noite as cancelas estão abertas e na hora de almoço também. Se o seu horário estiver de acordo com o do funcionário pode nem sequer ter de pagar parque.

Já quando chove pode reclamar a gratuitidade do parque, uma vez que o preçário fica apagado quando há água a solidificar-se no céu:



"Ineficácia da gestão e ausência de estratégia" : concelho de Sintra paga o dobro pelo tratamento de lixo

Os únicos vereadores da Câmara Municipal de Sintra na oposição - do Partido Socialista - afirmaram esta semana que existe uma "ineficácia de gestão" e uma "ausência de estratégia" no tratamento de resíduos do concelho de Sintra.

"A Câmara Municipal da Amadora integrada no sistema de gestão de resíduos sólidos da Valorsul paga pela recolha e tratamento de resíduos sólidos urbanos, metade do valor pago pela Câmara Municipal de Sintra" referem os vereadores.

Investimento na Tratolixo: "drásticas implicações para o futuro das Finanças Municipais"

Falta de transparência, de discussão, de estratégia e "drásticas implicações para o futuro das Finanças Municipais" são críticas do Partido Socialista à gestão da coligação PSD/CDS-PP que aprovou mais um empréstimo/investimento na Tratolixo de 65 milhões de euros para Trajouce.

O Partido Socialista refere que em 2006 o passivo da Tratolixo era de 110 milhões de euros e em 2009 o passivo já ascendia a 136 milhões de euros, isto quando o município de Sintra paga o dobro pelo tratamento de resíduos. Face a este aumento de passivo desconhecem-se os regimes remuneratório e regalias dos órgãos sociais da Tratolixo, dos quais o PS Sintra diz rejeitar assumir quaisquer responsabilidades.

Campanha de recolha de Medula Óssea na cidade de Queluz

A equipa do CEDACE vai estar no sábado na cidade de Queluz. No dia 27 de Março das 10H00 às 16H00, os cidadãos de Queluz e arredores podem disponibilizar-se para serem dadores na sua cidade. Basta que se dirija ao Salão Paroquial Nossa Senhora da Fé, na Avª Luís de Camões em Monte Abraão.

Para ser um potencial dador, basta preencher um inquérito, fazer uma pequena recolha de sangue, e se tudo estiver bem, fica inscrito numa base de dados nacional e internacional que é pesquisada diariamente para todos os doentes que necessitam de um transplante.

Existem doenças como a leucemia que podem ser curadas através de um transplante de medula óssea.

Requisitos iniciais:
  • Ter entre 18 e 45 anos
  • Ser saudável
  • Ter pelo menos 50Kg
  • Nunca ter recebido uma transfusão de sangue desde 1980

Estrada da Xetaria continua sem passeio

No bairro de Campinas e bairro da Xetaria, perto de Massamá Norte, residem crianças que estudam na Escola Ruy Belo em Monte Abraão. O percurso até à escola pode fazer-se através da Estrada da Xetaria, no entanto esta estrada continua sem passeio:

Falta de água na Manuel de Arriaga amanhã

A Rua Dr. Manuel de Arriaga da cidade de Queluz não terá água amanhã (25 de Março) de manhã, informam os SMAS Sintra.

Aproximarte estreia-se com "Anfitrião" já no próximo sábado

A cidade de Queluz tem uma nova associação cultural desde Julho de 2009. Chama-se Aproximarte e tem como fim "a promoção de actividades artísticas e culturais que visam o desenvolvimento artístico juvenil, a difusão e participação em eventos que enfoquem o teatro, expressão plástica, música e dança." Ao que se sabe a Aproximarte ainda não tem blog ou página web.

"Anfitrião" estreia no sábado em Queluz

Segundo a Junta de Freguesia de Queluz, no dia 27 de Março, a Aproximarte apresenta a comédia "Anfitrião." O espectáculo realiza-se no Saláo Nobre dos Bombeiros Voluntários de Queluz, começa às 21H30 e tem entrada livre.

"Anfitrião" conta a história de um senhor nobre da cidade de Tebas, que parte para a guerra com o seu criado, deixando a sua mulher grávida e sozinha. O Deus Júpiter bem conhecido pelos seus atributos de sedutor logo decide aproveitar-se desta situação e surge diante da mulher transformado em seu marido e passa com ela grandes noites de paixão.

Com encenação de Mafalda Santos esta é uma comédia de enganos e uma sátira política e social à época, na qual autor revela como os Deuses podem ser mais corruptos do que os homens.

Mais informações: 965302056

Sistemas de água do Parque Felício Loureiro não funcionam

Em Novembro de 2009 foi reportado à Câmara Municipal de Sintra o facto dos sistemas de água no Parque Felício Loureiro não funcionarem. O Departamento de Ambiente e Intervenção Local respondeu que se tinha procedido "à reparação do repuxo" e à "resolução do problema existente com o rio artificial."

Vídeo de Dezembro de 2009:


Em Março de 2010 verifica-se que o repuxo foi limpo e deixou de fazer o ruído que antes fazia. No entanto, um repuxo que tinha cerca de 3 metros tem hoje menos de 30 centímetros. Já o rio artificial continua sem funcionar e o seu canal está repleto de folhas secas desde o Outono.

Imagens actuais:


Entrada na A16 sem sinalização de proibição de peões

Na estrada da Xetaria encontra-se uma nova rotunda com entrada para a A16. No local não está o sinal de proibição de peões/bicicletas o que pode conduzir a que ciclistas e peões sigam caminho para a auto-estrada.

Curiosamente a Ascendi, concessionária da auto-estrada, em forma de publicidade não se esqueceu do sinal "Boa viagem."

Outra situação é a do passeio terminar nesta rotunda e não seguir para a estrada da Xetaria. Os peões são obrigados a seguir pela estrada.

Trabalhos de terraplanagem/limpeza continuam no bairro 1º de Maio


Ao lado do bairro 1º de Maio, já perto da Estrada da Xetaria, os trabalhos de limpeza das terras continuam. O terreno foi vedado e no local pode nascer um supermercado.

Desconhece-se se já foi iniciado algum processo de licenciamento: a falta de transparência no departamento de urbanismo da Câmara Municipal de Sintra não permite conhecer.

Fotografias dos trabalhos:

Mais um prédio na Conde de Almeida Araújo depois da demolição da casa Stuart Carvalhais

Na Rua Conde de Almeida Araújo, onde estava a casa onde viveu Stuart Carvalhais, nasce agora um prédio de 3 andares. O prédio, de janelas aparentemente pequenas, com pouca luminosidade, terá nele os azulejos da casa de Stuart Carvalhais.

Talvez os azulejos valorizem o prédio, ou então relembrem aos futuros proprietários o que ali existia.

Grupo Coral de Queluz não escapou ao vandalismo

O Grupo Coral de Queluz não escapou ao vandalismo dos graffitis na cidade de Queluz. Grande parte da superfície das paredes da sede do Grupo Coral estão agora assinadas com um "kurt."

Problemas nas habitações no bairro das Campinas devem ficar resolvidos

Câmara Municipal de Sintra adjudicou em Fevereiro, no dia 3, "a empreitada de Reparação de Fogos da DHAB no Bairro das Campinas."

SMAS Sintra remodelam rede de distribuição de água no Casal do Olival

O bairro da cidade de Queluz Casal do Olival vai ter as condutas de água remodeladas. A empreitada dos SMAS Sintra "compreende as obras de substituição de condutas existentes da rede de distribuição de água, respectivos ramais de ligação, substituição dos órgãos de manobra e segurança da respectiva rede."

Passeio interrompido por causa de uma entrada da Junta de Freguesia de Queluz


Na Avenida Miguel Bombarda, o passeio em frente ao número 207 está interrompido de forma a que os peões tenham de dar cedência a quem sai de um parque de estacionamento. Segundo a placa o parque de estacionamento pertence à Junta de Freguesia de Queluz.

Em vez de se ter continuado o passeio, optou-se por alcatroar o local e pintar-se umas faixas amarelas não vá alguém querer estacionar em frente ao portão da Junta. Quanto aos peões que circulam com cadeiras de rodas ou carrinhos de bebé que vão pela estrada. Muitos nem sequer retomam ao passeio um pouco à frente: não vale a pena.

Greve na CP começa às 00H00 de amanhã : linha de Sintra afectada

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário decretou para amanhã, dia 23 de Março (terça-feira), uma greve que afectará a linha de Sintra. A CP, em comunicado, diz que poderá haver "atrasos e supressões" e haverá transportes rodoviários alternativos.

ANACOM sem poderes face às cabines telefónicas abandonadas pela PTComunicações


A PT Comunicações tem duas cabines telefónicas abandonadas no piso -1 da estação de Queluz-Belas. Apesar dos vários logotipos da REFER nas estações da Linha de Sintra, na realidade, as estações encontram-se concessionadas à CP, com a excepção da estação do Rossio.

Há 3 meses que a CP recebeu esta informação da REFER e também da nossa parte, mas ainda não respondeu.

ANACOM sem poderes legais para intervir

O regulador da PT Comunicações também foi contactado, mas não tem poderes legais para intervir. "A legislação aplicável não prevê qualquer sanção em caso de incumprimento dos parâmetros de qualidade num determinado caso concreto" refere a ANACOM.

Esta resposta significa que ou a CP intervém e retira as cabines, ou a PT Comunicações poderá instalar os telefones ou retirar as cabines, mas só se assim entender.

Já a Inspecção Geral dos Transportes referiu que esta situação era da responsabilidade da Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres que à semelhança da CP ainda não respondeu (há seis meses).

Estação de Queluz-Belas degradada

Apesar das câmaras de video-vigilância, nem as grades das lojas escaparam aos graffitis. Desconhece-se se a CP apresenta queixa contra os actos de vandalismo que se repetem na estação de Queluz-.Belas. Facto é que os graffitis não são limpos ou pintados, o que motiva cada vez mais a sua existência.

Incêndio em Monte Abraão provoca dois desalojados

Ontem, por volta das 2H30, ocorreu um incêndio num prédio de nove andares, noticia a agência Lusa. Segundo fonte do Comando Distrital e Operações de Socorro, o incêndio no sexto andar de um prédio foi combatido pelos bombeiros de Queluz que mobilizaram 24 elementos e 9 veículos para o local.

HPEM garante que contentores da SUMA "obedecem a todas as normaseuropeias"

A empresa municipal HPEM em resposta a uma reclamação sobre os novos contentores afirmou que os contentores da SUMA "obedecem a todas as normas europeias" e "estão a ser colocados em todos, chapas identificativas do tipo de resíduo a depositar em cada um dos Ecopontos."

A reclamação baseava-se no facto dos novos contentores provocarem uma reacção adversa nos cidadãos e sobre as consequências que isso terá na percentagem de  separação do lixo.

Problemas detectados nos contentores da SUMA:

  • Demasiado altos: crianças não conseguem utilizar os contentores.
  • Dimensão excessiva: tornam as ruas feias, tiram lugares de estacionamento e diminuem a visibilidade em cruzamentos/passadeiras.
  • Distância dos contentores das residências : menos contentores, maiores distâncias.
  • Abertura pesada: idosos têm dificuldade a abrir os contentores.

De recordar que a reciclagem no concelho de Sintra ronda os 5%, percentagem que a empresa SUMA quer aumentar para os 10% apenas com acções de divulgação.

Cidadãos reclamam dos novos contentores da SUMA

Existem vários cidadãos que reclamam dos novos contentores da SUMA. Para reclamar dos novos contentores deve enviar um mail para a Câmara Municipal de Sintra: geral@cm-sintra.pt. O seu email pode fazer a diferença na localização dos contentores e em futuras opções/decisões.

Hospital Amadora-Sintra congestionado em dia de jogo de futebol

O Hospital Amadora-Sintra, às 22H00 de hoje, estava a demorar quase meio dia a atender os doentes com senha amarela, ou seja, doentes com situação "urgente". Foram vários os doentes que cansados de esperar se foram embora.

Podas radicais de serra elétrica praticadas em Belas

São várias as árvores que foram devastadas pelos jardineiros de serra eléctrica em Belas. O plátano é sem dúvida a espécie que mais sofre no fervor de serrar destes jardineiros.

Imagens das "podas radicais":



Contentores da SUMA roubam visibilidade nas passadeiras

Os contentores da SUMA, quando colocados nos passeios, roubam visibilidade a quem conduz. Devido à sua dimensão que não se adapta à cidade de Queluz podem no futuro causar acidentes.

O caso que apresentamos é recente. Ontem, na Avenida Miguel Bombarda, foram instalados os novos contentores da SUMA. Nesta passadeira quando alguém quiser passar, sobretudo crianças, não será vista por quem está a conduzir.

(a passadeira ainda não foi pintada na estrada, mas será brevemente uma vez que a sinalização já se encontra no local e o passeio já está rebaixado)

Moradores rejeitam contentores da SUMA: lixo fica no chão

Um dia depois dos contentores terem sido instalados na Av. Miguel Bombarda, vários moradores deixaram o lixo no espaço futuro para as árvores novas da avenida.

Até ao momento, nem HPEM nem a SUMA fizeram a recolha do lixo que se encontra no chão. Em toda a Avenida Miguel Bombarda o lixo no chão passou a ser um cenário constante desde ontem.

Se por um lado os contentores para lixo indiferenciado são insuficientes, por outro lado há quem não goste dos contentores ou não goste de se deslocar.

Contentores da SUMA roubam dezenas de lugares de estacionamento

A instalação dos novos contentores da empresa SUMA, da Mota Engil, rouba dezenas de lugares de estacionamento na cidade de Queluz.

Limpar Portugal: a Anta de Monte Abraão

A Junta de Freguesia de Monte Abraão, no âmbito da iniciativa Limpar Portugal, promove hoje a limpeza da zona envolvente da Anta de Monte Abraão.

A limpeza acontecerá das 9H00 às 17H00 e todos os cidadãos da cidade de Queluz e arredores estão convidados.

[Actualização] Fotos do Limpar Portugal em Monte Abraão:








Empresa SUMA mais que duplicou o seu activo em 4 anos

A empresa SUMA, que faz a recolha dos resíduos urbanos na cidade de Queluz, mais que duplicou o seu activo em 4 anos. Desconhece-se no entanto qual o contributo da Câmara Municipal de Sintra para que esta empresa do grupo Mota Engil tenha duplicado o seu activo.

Recorde-se que no concelho de Cascais a SUMA perdeu em 2005 a recolha de lixo daquele município. Segundo o vereador Carlos Carreiras (do PSD), o contrato com a SUMA "era demasiado caro."

Já no concelho de Sintra, em 2009, Fernando Seara fez um contrato com a SUMA por mais 8 anos. Desconhece-se no entanto se foi feito algum concurso público. A empresa SUMA já opera no concelho de Sintra desde 1996.

No concelho de Paços de Ferreira, aquando de um concurso público há 6 meses, a empresa SUMA baixou os valores que cobrava ao município na ordem dos 30%.

No concelho de Sintra não há transparência suficiente para se ter acesso a estes dados. Apenas se fez propaganda sobre os novos contentores (gigantes) e os novos camiões.

Segundo os Relatórios de Contas da Mota Engil, o activo bruto da empresa SUMA em 2004 era de 3 milhões de euros. Já em 2008 o activo bruto da empresa SUMA era cerca de 9 milhões de euros.

Novos contentores da SUMA: "alguém parece ter ganho qualquer coisita, mas os moradores não!"

Contentores da SUMA

Pela primeira vez, desde que foram colocados os novos monstros contentores na Avenida de Miguel Bombarda,observei,pelas 23.00,a recolha de lixo dos mesmos.O que senti foi que a «cara lavada» da Avenida encheu os bolsos a muitos, certamente.

Os dois monstros contentores foram despejados, automaticamente, pois nenhum funcionário saiu do novo carro de recolha, da SUMA (antes saíam dois)e o show continuava, os contentores vazados retomaram seus lugares(um espaço de luxo, diga-se)e outro tanto lixo, dentro de sacos, permanece na via pública(defronte de um café com mini-esplanada), provavelmente, amanhã, sábado, irá lá lá passar o dia, a feder, a dar aspecto de subúrbio à Avenida de cara lavada e requalificada…

Para já os monstros não são suficientes ao longo da Avenida, nem todos os conseguem abrir ou não chegam ao pedal e de 3 funcionários para a recolha passou-se para 1!!! Alguém parece ter ganho qualquer coisita, mas os moradores não! A não ser que os pormenores estejam na sacola de alguém…A ver vamos!

Desemprego em Queluz: menos inscritos no Centro de Emprego em Fevereiro

No mês de Fevereiro houve uma redução de 108 desempregados inscritos face a Janeiro a residir na cidade de Queluz.  Número de desempregados inscritos mantém-se no entanto acima de um patamar histórico: os 6000.

Era uma vez uma rua sem estacionamento em Queluz

Rua Carlos Seixas

Era uma vez uma rua sem estacionamento na cidade de Queluz. A rua, com prédios pequenos, ficava perto dos arcos de Queluz e do maior parque da cidade: o Parque Felício Loureiro.

Apesar do estacionamento no maior parque da cidade com acesso directo (escadas), os residentes queriam estacionar os carros à porta de casa, mas como não havia estacionamento deixavam os carros em plena via.

A estrada com dois sentidos passou a ter apenas um: o de quem chegava primeiro. Os passeios ficaram tão pequenos que os transeuntes andavam no meio da estrada.

A rua ficou tão feia com os carros... mas os residentes não se importaram; queriam era estacionar à porta de casa.

A rua existe e a história é actual: Rua Carlos Seixas

Homem de 20 anos foi baleado em Monte Abraão com bagos de borracha

A Divisão da PSP de Sintra esclareceu o que aconteceu ontem em Monte Abraão às 22H30. A PSP de Queluz foi chamada ontem ao local devido a uma "eventual desordem em que estavam envolvidos cerca de 20 indivíduos." Segundo a Divisão da PSP, uma equipa de 3 agentes ao chegar ao local foi injuriada e ameaçada por alguns dos presentes.

Das ameaças passaram à acção e um dos indivíduos, o detido, pontapeou os agentes. "O terceiro agente que se encontrava no local, perante a ameaça à integridade do seu colega, e porque o suspeito continuava com as agressões, após voz de advertência, efectuou um disparo com munição de bagos de borracha aos membros inferiores do suspeito, que, ainda assim, tentou a fuga, sendo finalmente manietado pelos agentes policiais após perseguição apeada."

O agente policial agredido e o detido baleado com bagos de borracha receberam tratamento hospitalar no Amadora-Sintra. Ambos não tinham quaisquer lesões graves.

O detido "abandonou as instalações policiais cerca das 02H30, tendo sido notificado para comparecer no tribunal de Sintra pelas 10H00 de hoje."

Homem de 20 anos foi baleado em Monte Abraão com bagos de borracha

A Divisão da PSP de Sintra esclareceu o que aconteceu ontem em Monte Abraão às 22H30. A PSP de Queluz foi chamada ontem ao local devido a uma "eventual desordem em que estavam envolvidos cerca de 20 indivíduos." Segundo a Divisão da PSP, uma equipa de 3 agentes ao chegar ao local foi injuriada e ameaçada por alguns dos presentes.

Das ameaças passaram à acção e um dos indivíduos, o detido, pontapeou os agentes. "O terceiro agente que se encontrava no local, perante a ameaça à integridade do seu colega, e porque o suspeito continuava com as agressões, após voz de advertência, efectuou um disparo com munição de bagos de borracha aos membros inferiores do suspeito, que, ainda assim, tentou a fuga, sendo finalmente manietado pelos agentes policiais após perseguição apeada."

O agente policial agredido e o detido baleado com bagos de borracha receberam tratamento hospitalar no Amadora-Sintra. Ambos não tinham quaisquer lesões graves.

O detido "abandonou as instalações policiais cerca das 02H30, tendo sido notificado para comparecer no tribunal de Sintra pelas 10H00 de hoje."

Homem de 20 anos baleado ontem em Monte Abraão

Um homem de 20 anos foi ontem baleado na perna pela PSP de Queluz quando se preparava para fugir à ordem de detenção. Segundo os amigos, o grupo de homens apenas jogava à bola, mas optaram por fugir à PSP.

Segundo a TVI, o homem baleado já foi assistido no Hospital Amadora-Sintra e será presente hoje a Tribunal. A família ainda não terá sido informada sobre os crimes de que é acusado.

Direito ao descanso está em causa em Monte Abraão

Na Rua Alves Redol existem queixas de barulho durante toda a noite. Grupos de homens reúnem-se na rua onde bebem cerveja e aí ouvem música criando um ambiente de insegurança. Segundo uma moradora do local, os jovens adquirem o álcool na bomba de gasolina Repsol durante toda a noite. A "gasolineira esteve fechada uns meses durante o verão. Foi um descanso : não havendo cerveja não há barulho" refere a moradora.

Recorde-se que em Agosto do ano passado, um vizinho cansado do barulho e da falta de condições de descanso, disparou quatro tiros no vizinho do lado em Monte Abraão.

De acordo com o Supremo Tribunal de Justiça, o “direito ao repouso à tranquilidade e ao sono são aspectos do direito à integridade pessoal,” contudo o ruído continua a liderar as queixas na PSP.

Homem de 20 anos baleado ontem em Monte Abraão

Um homem de 20 anos foi ontem baleado na perna pela PSP de Queluz quando se preparava para fugir à ordem de detenção. Segundo os amigos, o grupo de homens apenas jogava à bola, mas optaram por fugir à PSP.

Segundo a TVI, o homem baleado já foi assistido no Hospital Amadora-Sintra e será presente hoje a Tribunal. A família ainda não terá sido informada sobre os crimes de que é acusado.

Direito ao descanso está em causa em Monte Abraão

Na Rua Alves Redol existem queixas de barulho durante toda a noite. Grupos de homens reúnem-se na rua onde bebem cerveja e aí ouvem música criando um ambiente de insegurança. Segundo uma moradora do local, os jovens adquirem o álcool na bomba de gasolina Repsol durante toda a noite. A "gasolineira esteve fechada uns meses durante o verão. Foi um descanso : não havendo cerveja não há barulho" refere a moradora.

Recorde-se que em Agosto do ano passado, um vizinho cansado do barulho e da falta de condições de descanso, disparou quatro tiros no vizinho do lado em Monte Abraão.

De acordo com o Supremo Tribunal de Justiça, o “direito ao repouso à tranquilidade e ao sono são aspectos do direito à integridade pessoal,” contudo o ruído continua a liderar as queixas na PSP.

Carta dos Direitos de Acesso aos Cuidados de Saúde: Lei criada em 2007 entra em vigor 3 anos depois

Em 2007 foi criada a Carta dos Direitos de Acesso aos Cuidados de Saúde. A Carta "visa garantir a prestação dos cuidados de saúde pelo Serviço Nacional de Saúde e pelas entidades convencionadas em tempo considerado clinicamente aceitável."

Na carta são definidos "os tempos de resposta garantidos" e o "direito dos utentes à informação sobre esses tempos." O Ministério da Saúde só no fim de 2008, mais de um ano depois, fixou os tempos máximos de resposta garantidos:
  • Motivo relacionado com doença aguda: atendimento no dia do pedido.
  • Motivo não relacionado com doença aguda: 15 dias úteis a partir da data do pedido.
  • Renovação de medicação em caso de doença crónica: Setenta e duas horas após a entrega do pedido.
  • Relatórios, cartas de referenciação, orientações e outros documentos escritos (na sequência de consulta médica ou de enfermagem): Setenta e duas horas após a entrega do pedido.
Carta prevê direito à informação

A Carta dos Direitos de Acesso aos Cuidados de Saúde prevê que o Agrupamento de Centros de Saúde da Grande Lisboa X (Cacém - Queluz) tenha de produzir um relatório com a informação dos tempos de espera até ao dia 31 de Março.

EDP recusa-se a arranjar dois postes de iluminação pública

 EDP recusa-se a arranjar dois postes de iluminação
Há mais de 6 meses que os dois postes de iluminação pública atrás deste sinal encontram-se avariados. Os postes ficam na Avenida Eng. Duarte Pacheco e há 6 meses que contactamos a EDP. Há 6 meses também que a EDP se recusa a repará-los.

Em mais de 4 reclamações houve apenas um contacto: o técnico da EDP afirmou que não podia reparar os dois postes de iluminação pública pois o trânsito é proibido.

Esta empresa com accionistas privados e com o monopólio da iluminação pública não está a cumprir com as obrigações do serviço público.

Entretanto foi contactada a ERSE, o Ministério da Economia e a Câmara Municipal de Sintra devido ao mau serviço da EDP. Aguardam-se respostas.

Cidade Desportiva : mais lojas abandonadas que abertas

Loja abandonada
A urbanização Cidade Desportiva é um conjunto de 3 ruas na cidade de Queluz. Fica entre a zona industrial de Massamá, o campo de futebol do Real Sport Clube, a Escola Prática da GNR e a Escola Secundária Miguel Torga.

Apesar de ficar numa zona central da cidade de Queluz, a urbanização Cidade Desportiva esteve anos fechada: primeiro era um beco sem saída, segundo estava atolada de carros.

Cidade Desportiva já não é um beco

A Cidade Desportiva deixou de ser um beco para passar a ser uma via de circulação de pessoas e carros. A maior parte das lojas mantêm-se ainda abandonadas, situação que pode alterar-se com uma maior circulação de pessoas.

Colocados pinos na Praça da Paz : regabofe no estacionamento continua

Não haja dúvidas: não compensa estacionar no Parque de Estacionamento da estação de comboios de Monte Abraão. Estacionar quase em cima da estação é o que compensa: não se paga, há sempre um espaço (nem que seja o passeio) e a PSP não multa.

Após ter sido publicado o artigo "Praça da Paz ocupada por infractores : no local existe uma esquadra" foram colocados uns pinos no local, no entanto, hoje a situação era ainda mais grave.

Vários carros estavam estacionados em cima dos passeios, em cima de passadeiras, em locais onde é proibido o trânsito e num local onde o estacionamento é reservado à Refer.

Contentores da SUMA invadem Av. Miguel Bombarda

Os contentores gigantes da SUMA foram colocados hoje na Avenida Miguel Bombarda. O que era para ser passeio passou a ser um aterro diário da SUMA onde esta empresa faz publicidade gratuita paga por todos os cidadãos.

Estes contentores deverão estar neste local durante 8 anos, duração do contrato entre a Câmara Municipal de Sintra e a SUMA.

Foi enviada a sugestão à Câmara Municipal de Sintra da recolha de lixo porta a porta, uma vez que a dimensão dos prédios é reduzida, mas até ao momento não houve qualquer resposta.

Contentores da Suma
Contentores da Suma

Queluz de baixo até Queluz de cima: o passeio terminou aqui

Passeio de Queluz de Baixo até QueluzO facto da cidade de Queluz estar espartilhada em dois concelhos - Oeiras e Sintra - origina situações caricatas. Trata-se do caso de um passeio pedonal que termina na divisão dos dois concelhos. Os cidadãos de Queluz ficaram para último lugar nesta organização administrativa.

A imagem ilustra um problema antigo da responsabilidade da Câmara Municipal de Sintra. A Câmara Municipal de Sintra opta por não garantir as condições de segurança aos cidadãos que residem no seu (ainda) território.

Perdidos em Queluz

Existem todas as semanas dezenas de pessoas que se deslocam desde a cidade de Queluz até Queluz-de-Baixo a pé. No século XXI não existe um passeio pedonal. Esta situação acontece na 11ª cidade mais populosa de Portugal: um país integrado na União Europeia.

雪茄网购| 雪茄| 哈瓦那雪茄| 雪茄价格| 雪茄烟网购| 雪茄专卖店| 雪茄怎么抽| 雪茄烟| 雪茄吧| 陈年雪茄| 大卫杜夫雪茄| 保利华雪茄| 古巴雪茄品牌| 古巴雪茄| 古巴雪茄多少钱一只| 古巴雪茄专卖网| 烟斗烟丝| 小雪茄| 金特罗雪茄| 帕特加斯d4 | 蒙特雪茄| 罗密欧朱丽叶雪茄| 网上哪里可以买雪茄| 限量版雪茄| 雪茄专卖| 雪茄专卖网| 雪茄哪里买| 买雪茄去哪个网站| 推荐一个卖雪茄的网站| 雪茄烟| 古巴雪茄价格| 雪茄海淘| 雪茄网| 帕拉森雪茄|

上車盤| 搵樓| 豪宅| 校網| 居屋| 貝沙灣| 美孚新邨| 嘉湖山莊| 太古城| 日出康城| 九龍站 | 沙田第一城| 樓市走勢| 青衣| 西半山| 西貢| 荃灣|

electric bike| best electric bike| electric bikes for adults| e bike| pedal assist bike| electric bikes for sale| electric bike shop| electric tricycle| folding electric bike| mid drive electric bike| electric trike| electric mountain bike| electric bicycle| electric bike review| electric fat bike| fat tire electric bike| women's electric bike |

school| international school of hong kong| international school| school in Hong Kong| primary school| elementary school| private school| UK school| british school| extracurricular activity| Hong Kong education| primary education| top schools in Hong Kong| Preparatory| best international schools hong kong| best primary schools in hong kong| primary school hong kong| private school hong kong| british international school| extra-curricular| school calendars| boarding school| school day| Bursary| British international school Hong Kong| British school Hong Kong| English primary school Hong Kong| English school Hong Kong| International school Hong Kong| School Hong Kong| boarding school Hong Kong| best school in Hong Kong| School fees|