segunda-feira, 30 de Junho de 2008

Centro de Saúde de Massamá abre amanhã

< ![CDATA[
Centro de saúde de MassamáSecretaria de Estado da Saúde garante que a Extensão de Massamá do Centro de Saúde de Queluz pode abrir amanhã (dia 1 de Julho) as portas. Segundo Jorge Branco, presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, a extensão vai ter duas unidades de saúde familiares, com 17 médicos, 16 enfermeiros e 12 administrativos. 
Segundo a RR, Jorge Branco afirmou que “o acordo de compromisso entre a ARS e a Câmara Municipal de Sintra fará com que não haja mais atrasos, mas o facto é que houve várias coisas que não correram bem desde que aquele edifício começou a ser construído. Nomeadamente, o que foi construído é bastante mais caro do que o previsto.”
]]>

domingo, 29 de Junho de 2008

Carros ou peões?

< ![CDATA[

ocupação passeiosMesmo em frente à Feira do Livro e Artesanato de Queluz assistia-se a um ocupar do passeio dos peões por quem ia à feira. A falta de actuação da Polícia Municipal de Sintra, PSP, Junta de Freguesia e Câmara Municipal de Sintra é óbvia...

Neste passeio passam dezenas de transeuntes por dia e alguns com carrinhos de bebé. É um assunto que sugiro à Agenda 21 Local de Queluz debater: Quem tem prioridade em Queluz? o peão ou o carro?

Na Cidade de Queluz, a freguesia de Queluz é a mais plana e tem condições óptimas para o peão, e só não é de admirar a não actuação da Polícia Municipal de Sintra em Queluz pois um evento organizado pela Câmara Municipal de Sintra é vigiado por Segurança Privada.

O curioso é que não é por falta de estacionamento que estas pessoas estacionaram em cima do passeio. Seis metros ao lado o parque de estacionamento gratuito estava vazio.

 
policia municipal sintra
 
estacionamento
 
estacionamento
 
 
]]>

Carros ou peões?

< ![CDATA[

ocupação passeiosMesmo em frente à Feira do Livro e Artesanato de Queluz assistia-se a um ocupar do passeio dos peões por quem ia à feira. A falta de actuação da Polícia Municipal de Sintra, PSP, Junta de Freguesia e Câmara Municipal de Sintra é óbvia...

Neste passeio passam dezenas de transeuntes por dia e alguns com carrinhos de bebé. É um assunto que sugiro à Agenda 21 Local de Queluz debater: Quem tem prioridade em Queluz? o peão ou o carro?

Na Cidade de Queluz, a freguesia de Queluz é a mais plana e tem condições óptimas para o peão, e só não é de admirar a não actuação da Polícia Municipal de Sintra em Queluz pois um evento organizado pela Câmara Municipal de Sintra é vigiado por Segurança Privada.

O curioso é que não é por falta de estacionamento que estas pessoas estacionaram em cima do passeio. Seis metros ao lado o parque de estacionamento gratuito estava vazio.

 
policia municipal sintra
 
estacionamento
 
estacionamento
 
 
]]>

sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Procura-se passadeira para sinal

Na Estrada Nacional 117, na Av. Eng Duarte Pacheco há alguns meses (ou anos) foi construída uma passadeira com semáforos que substituí uma passadeira próxima. A passadeira foi apagada. O sinal ficou lá.

quinta-feira, 26 de Junho de 2008

Férias Desportivas em Queluz

«O projecto Queluz Férias Desportivas, realiza-se no Complexo Desportivo do Clube Atlético de Queluz e tem como principal objectivo criar um programa de ocupação dos tempos livres para os jovens e também que os Pais e Encarregados de Educação tenham os seus filhos/educandos ocupados durante as férias de Verão.»



O horário do Campo de Férias é das 08h30 às 18h30, estando incluído as refeições (Almoço, Merenda de Manhã e Lanche) e o Seguro.


feriasdesportivasqueluzPreço das Férias desportivas


1ª semana de 23/06 a 27/06/2008
2ª semana de 30/06 a 04/07/2008
3ª semana de 07/07 a 11/07/2008
4ª semana de 14/07 a 18/07/2008
5ª semana de 21/07 a 25/07/2008

1 dia (17€)
1 semana (70€)
2 semanas (130€)
3 semanas (190€)
4 semanas (245€)
5 semanas (300€)



Para realizar a inscrição deverá enviar um email para coachcosta@gmail.com com os dados do participante e quais as semanas pretendidas ou então ligar para os números 968972619/919057203.




Mais Informações no blog Queluz Férias Desportivas


Férias no Palácio de Queluz

O Palácio Nacional de Queluz organiza actividades locais durante os meses de Junho e Julho destinada a crianças. As actividades são visitas temáticas, música, animação histórica, jogos e oficinas. O valor da inscrição é 35€.

Férias palácio queluzCalendarização:

Modulo 1 – 23 a 27 de Junho
Turno da manhã – das 9h30 às 12h30
Turno da tarde – 14h30 às 17h30

Modulo 2 –30 Junho a 4 de Julho
Turno da manhã – das 9h30 às 12h30
Turno da tarde – 14h30 às 17h30

Modulo 3 – 7 a 11 de Julho
Turno da manhã – das 9h30 às 12h30
Turno da tarde – 14h30 às 17h30

Modulo 4 – 14 a 18 de Julho
Turno da manhã – das 9h30 às 12h30
Turno da tarde – 14h30 às 17h30

Modulo 5 – 21 a 25 de Julho
Turno da manhã – das 9h30 às 12h30
Turno da tarde – 14h30 às 17h30

Mais informações: 214343860

quarta-feira, 25 de Junho de 2008

Noites de Verão em Monte Abraão

< ![CDATA[

As Noites de Verão em Monte Abraão começam já este Sábado e prolongam-se até dia 13 de Setembro das 21h às 24h.

A Junta de Freguesia de Monte Abraão faz o convite: «Venha divertir-se connosco!»

Programação das Noites de Verão:

 Noites de Verão

]]>

Centro de Saúde: Fernando Seara diz que é em Setembro!

< ![CDATA[

Centro de Saúde de MassamáFernando Seara em entrevista ao Jornal da Região prevê que o Centro de Saúde de Massamá «esteja em funcionamento no início de Setembro» enquanto José Pedro Matias, presidente da Junta de Freguesia de Massamá não se compromete, mas prevê que seja ainda antes de Setembro: no final do mês de Junho, ou «na melhor das hipóteses, a 2º quinzena de Junho.»

José Pedro Matias escreve no site da Junta de Freguesia de Massamá que «os motivos [do atraso na abertura] prendem-se unicamente com a demora, da parte do empreiteiro geral da obra, em proceder às alterações a fazer no seu interior, exigidas pela Direcção do Centro de Saúde de Queluz, a quem compete actualmente todo o processo de instalação das duas Unidades de Saúde Familiares (USFs), que aqui funcionarão.»

Recorde-se que a construção do Centro de Saúde de Massamá ficou concluída há cerca de dois anos.

]]>

segunda-feira, 23 de Junho de 2008

Requalificação da Praceta Padre Cruz

< ![CDATA[
Requalificação da Praceta Padre Cruz - Massamá- Bº Coopalme
 
Sendo frequentadora do espaço de comercio existente nessa praceta, e tendo a mesmo sido sujeita a obras de requalificação e alargamento, não entendo como havendo um café e outros, que têm inevitavelmente cargas e descargas de mercadoria com espaços de paragens consideráveis, o projecto e obra tenha sido executada a não contemplar essas situações.
 
Os topos do estacionamento estão demasiados apertados e existindo carro grande em descarga, as viaturas não podem passar por falta de espaço.
 
Foi esta situação logo apontada a quem fazia a obra por mim e outros, mas foi-nos dito que as cargas e descargas deveriam ser feitas na Av.. 25 Abril e depois deslocadas em carrinhos pela rampa até aos estabelecimentos.

Ora nem é coerente, nem fácil, nem possível, porque isso obrigaria á paragem numa via de corredor de grande circulação e de BUS, de veículos pesados e longos, por períodos nunca inferiores a 10 ou 15m.
 
Por outro lado as marcações de estacionamento parte II já dentro do terreno onde era de jogo, estão de tal forma mal aplicadas que com tantos lancis e recantos perde-se espaço para mais 6 a 7 viaturas.

O projecto foi mesmo muito precioso na sua concepção, porque tanto sobe e desce de passeios, a ver dos utentes, não se justificava.
]]>

domingo, 22 de Junho de 2008

Feira do Livro e Artesanato de Queluz

< ![CDATA[
Feira do Livro de QueluzDe dia 20 de Junho até ao dia 29 de Junho realiza-se no Parque Urbano Felício Loureiro da Cidade de Queluz a 3ª edição da Feira do Livro e Artesanato de Queluz.

A Feira do Livro e Artesanato de Queluz «conta com a participação de dezenas de expositores e também com espectáculos musicais todos os dias (Sábado e Domingo, à tarde e à noite e, aos dias de semana à noite).»
 
Horários:
 
2ª a 5ª feira das 17h00 às 23h00
6ª feira das 17h00 às 24h00
Sábados, Domingos e Feriados das 15h00 às 24h00.

 
]]>

O padeiro e a padaria / O vereador "extraterrestre"

< ![CDATA[
Estamos a pouco mais de um ano das eleições autárquicas, e o afã eleitoral da CDU já é indisfarçável. A precipitação até seria ignorável, não fosse ela feita à custa de hipocrisia, não se servisse de instituições democraticamente eleitas e, ironicamente, não pusesse a nu a negligência grosseira dos seus protagonistas.  
No passado sábado, o vereador da CDU da Câmara Municipal de Sintra – assim auto-intitulado - Engenheiro Baptista Alves, militantes e eleitos locais na freguesia de Monte Abraão, pela CDU, visitaram o Bairro 1º de Maio.
 
Durante a deslocação, descobriram o "estado de abandono" em que se encontra este bairro, ilustrado por vários exemplos utilizados no comunicado que a CDU emitiu depois. Os mesmos visitantes concluem que aqueles são "exemplos da incúria e do abandono que a Câmara Municipal de Sintra e a Junta de Freguesia de Monte Abraão têm permitido" (obviamente, tudo o que está entre "" é da autoria da CDU). Passe o manifesto exagero da expressão utilizada ("abandono"), o relato das muitas insuficiências existentes é verdadeiro e carece, de facto, de resolução.

O problema surge com a forma desta visita e o conteúdo daí decorrente.

Quanto à forma, não se pode deixar de assinalar o tempo, o modo e a qualidade escolhidos pelo protagonista da deslocação e das denúncias, o vereador Baptista Alves.

Começando pelo modo, é inadmissível que um vereador eleito democraticamente use este seu estatuto para fazer uma visita de carácter despudoradamente eleitoralista. Queremos com isto dizer, que esta visita não se insere num plano institucionalmente enquadrado (com a presença de outras forças políticas e/ou integrado num plano programático mais vasto prosseguido pela própria CDU). É uma visita avulsa, a um "terreno de insatisfações" e tendo como interlocutor uma entidade próxima da força política em questão. Cenário perfeito, pois, para arrancar facilmente (justos) desabafos de incompreensão e para distribuir aleatoriamente irresponsáveis e injustas culpas, no fundo, fazer campanha demagogicamente.

Baptista Alves e a CDU, no limite, e mesmo faltando à verdade, até o poderiam fazer, mas jamais sem a capa institucional da Câmara Municipal de Sintra (usada como instrumento de credibilização). Os fins eram eleitoralistas e partidários, já em jeito de pré-campanha, e deveria ter havido a frontalidade de o assumir. O exercício de cargos de eleição não deve servir para suportar campanhas partidárias.

Continuando pelo tempo escolhido: um homem de Sintra, candidato por diversas vezes à Câmara Municipal, a exercer um cargo na autarquia há oito anos só agora descobre a realidade do Bairro 1º de Maio? Foram necessários tantos anos para se indignar publicamente pelo estado a que chegou o Bairro 1º de Maio?

É pena tantos anos de "adormecimento". Lamentamos que só "acorde" a um ano e picos das eleições autárquicas. Nós, na qualidade de autarcas da Junta de Freguesia de Monte Abraão, temos feito inúmeros apelos e intervenções para que as condições do Bairro 1º de Maio sejam melhoradas e os respectivos problemas resolvidos.
 
Debruçando-nos sobre a qualidade em que fez a visita, - de vereador - entramos, necessariamente, no conteúdo da intervenção política saído desta visita. E aí, é tão grave a atribuição de culpas à Junta de Freguesia de Monte Abraão pela situação no Bairro 1º de Maio, como é chocante o "sacudir a água do capote" do vereador Baptista Alves, repetimos, vereador da Câmara Municipal de Sintra (que aliás é elencada como a outra instituição responsável pela degradação atingida).

Sobre a alegada responsabilidade da Junta de Freguesia de Monte Abraão: fique claro que o âmbito de competências e meios atribuídos a esta junta não permite ir mais além. Por isso, a única via possível (e que tem sido persistentemente seguida) é a da intervenção pública e institucional de alerta para as várias lacunas existentes neste bairro. Enquanto não for mudado o quadro de competências e meios que regulamenta o funcionamento das Juntas de Freguesia (ou que as Câmaras abrandem um centralismo asfixiante e deleguem responsabilidades e verbas), a via da denúncia e do alerta é a única que pode ser utilizada. Mas, sublinhe-se, concretizada com justeza e no modo e tempo correctos. Em duas palavras, efectuada com responsabilidade e seriedade.

Sobre a responsabilidade da Câmara Municipal: ela é, como é fácil de compreender pelo que atrás foi referido, total! À Câmara Municipal de Sintra estão atribuídos as competências e os meios financeiros que enquadram as diversas lacunas relatadas na visita do vereador Baptista Alves, e há muito denunciadas por nós. Por este último facto, a Câmara não pode (aliás, em caso algum poderia) alegar qualquer desconhecimento pelo sucedido.

Sobre a responsabilidade do vereador Baptista Alves: ela é, pelo menos, parcial, para não dizer que é institucional e solidariamente total!

Então que funções estão acometidas aos vereadores (mesmo aqueles que não têm pelouro)? Se há função, que serve até para usar como "título" numa visita eleitoralista, há, necessariamente, trabalho correspondente. O facto de não ter pelouro não pode servir de álibi ao vereador Baptista Alves. O vereador não se deve encerrar no trabalho de gabinete ou escudar-se na inexistência de pasta. Porque a esta não corresponde um vazio (mal seria, neste caso não se justificava a sua existência). Entre visitas aos locais, atendimento a munícipes, reuniões autárquicas e acesso directo aos restantes colegas de elenco camarário (um meio que não deve ser desconsiderado), há um vasto campo de acção e de influência ao alcance do vereador sem pelouro.

Durante estes 8 anos, que fez o vereador Baptista Alves pelo Bairro 1º de Maio? Quantas vezes fez uma intervenção, redigiu um requerimento, teve uma conversa de bastidores no sentido de alertar para estes problemas e pedir a sua resolução?

O vereador Baptista Alves - é importante que se diga -, pelas responsabilidades que exerce, é corresponsável pela situação do Bairro 1º de Maio. Pelo que
não fez, pelo que não pugnou para que se fizesse e pelo que não disse/denunciou.


Senhor Engenheiro Baptista Alves, permita que a si nos dirijamos: oito anos para descobrir e denunciar a realidade deste bairro (mesmo fazendo tábua rasa do facto de ser vereador) é muito pouco para alguém que concorre há pelo menos dois mandatos a órgãos autárquicos do concelho de Sintra.

E já agora, as boas e evidentes boas relações entre a coligação PSD/CDS e a CDU na autarquia tornavam essa auto-estrada da influência ainda mais facilmente percorrível…

Por fim, uma nota. Uma nota de preocupação e repúdio que é, podemos garanti-lo, partilhada por todos os habitantes e residentes de Monte Abraão.

Nesse mesmo sábado da "descoberta" do vereador Baptista Alves, voltou a haver interrupção de fornecimento de água na freguesia de Monte Abraão. Como se vem repetindo, e com durações muito prolongadas, nos últimos largos meses. São casas particulares, lares de idosos, escolas, infantários e estabelecimentos comerciais sem água durante horas, e por vezes dias, a fio. Temos pena que nesse dia o vereador Baptista Alves, que é presidente do Conselho de Administração do SMAS (as tais boas relações com o poder autárquico vigente que atrás indicámos…), não se tenha inteirado do sucedido e do incómodo causado à população (3 dias sem água, devido a mais uma ruptura).

Lamentamos todos que, depois de tantos pedidos e denúncias a propósito da situação envelhecida e precária em que se encontram as condutas de transporte de água na freguesia de Monte Abraão –  o que origina as constantes rupturas e subsequentes interrupções de abastecimento - o vereador Baptista Alves, teimosamente, continue sem providenciar a substituição das mesmas.

Oxalá, não haja nenhum vereador do município sintrense que se lembre, num qualquer sábado, de efectuar uma visita e "descobrir" o estado de degradação das famigeradas condutas. Com um bocadinho de azar, ainda dirá que é culpa da Câmara Municipal de Sintra e da Junta de Freguesia de Monte Abraão…
]]>

Problemas no bairro 1º de Maio em Monte Abraão

< ![CDATA[

Entulho Monte AbraãoComo estava agendado o Vereador da CDU, na Câmara Municipal de Sintra, Engº. Baptista Alves esteve pela manhã de hoje (14/6/2008), de visita a Monte Abraão, a convite da Associação de Moradores do Bairro 1º de Maio.


Após um breve passeio por algumas ruas da Freguesia, dirigimo-nos ao Bairro 1º de Maio, onde na Associação de Moradores, foi entregue pelo Presidente da Associação Sr. Lúcio do Val, um caderno reivincativo onde se elencavam os vários problemas existentes, que pelos moradores tem vindo a ser colocados à Associação.


Desde logo e o mais visivel, o problema dos entulhos depositados frente à Rua Pêro Escobar, de que já demos conta neste Blogue. A desmatação e limpeza dos espaços verdes, a falta de um corrimão em condições de segurança para a escadaria a nascente do Bairro, os buracos existentes no calcetamento de vários passeios e no pavimento das Ruas Bartolomeu Dias e Pedro Alvares Cabral. A necessidade da construção de uma rotunda na confluência das Avenidas Capitão Gomes Rocha/Joaquim Luis e Rua Bartolomeu Dias, que discipline o trânsito naquele local, os esgotos que após 35 anos começam a causar problemas de escoamento etc.etc.etc. Embora o documento fosse ilustrado com fotografias (ver abaixo) que comprovam bem estas anomalias, foram visitados os locais, tendo alguns moradores vindo falar com o Vereador e demais comitiva.

]]>

Jornais

Últimas imagens

Roteiro da cidade de Queluz

Arquivo

Blogs

Últimos documentos

Últimos comentários

Últimos artigos

Economia

Internacional

Contacte-nos através do mail@queluz.org

Voltar ao topo  

上車盤| 搵樓| 豪宅| 校網| 居屋| 貝沙灣| 美孚新邨| 嘉湖山莊| 太古城| 日出康城| 九龍站 | 沙田第一城| 樓市走勢| 青衣| 西半山| 西貢| 荃灣|

electric bike| best electric bike| electric bikes for adults| e bike| pedal assist bike| electric bikes for sale| electric bike shop| electric tricycle| folding electric bike| mid drive electric bike| electric trike| electric mountain bike| electric bicycle| electric bike review| electric fat bike| fat tire electric bike| women's electric bike |

school| international school of hong kong| international school| school in Hong Kong| primary school| elementary school| private school| UK school| british school| extracurricular activity| Hong Kong education| primary education| top schools in Hong Kong| Preparatory| best international schools hong kong| best primary schools in hong kong| primary school hong kong| private school hong kong| british international school| extra-curricular| school calendars| boarding school| school day| Bursary| British international school Hong Kong| British school Hong Kong| English primary school Hong Kong| English school Hong Kong| International school Hong Kong| School Hong Kong| boarding school Hong Kong| best school in Hong Kong| School fees|