segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Falta de limpeza em escadas públicas

< ![CDATA[
Existem umas escadas, situadas por baixo de um predio, entre a Rua Dr. Fernando Fonseca e a Av. Dr. Fernando Ricardo Ribeiro Leitão, que deviam de servir só para aquilo que foram feitas.
 
Mas, infelizmente também são utilisadas como urinóis públicos. Já em tempos a Câmara Municipal de Sintra fez o favor, a meu pedido, de as lavar.
 
Mas como já se passou muito tempo, voltou ao mesmo. Talvez uma visita do Delegado de Saúde aqui da área ajude a resolver o assunto.Aguardando uma intervenção de quem de direito o mais breve possível.
 
]]>

Jardim sem ser tratado na Rua da Milharada

>Não sei se será responsabilidade da Junta de Freguesia de Massamá ou da Câmara Municipal de Sintra. O que sei e vejo, as fotos comprovam, a Rua da Milharada e a Rua Mário Pinto, há muito que foram esquecidas por uma destas entidades, na limpeza das ervas que crescem nos passeios.

O Bairro da Copalm e a Rotunda Augusto Rendeiro, assim como o jardim que fica entre a rua Mário Pinto e uma ribeira[1] são tratados assiduamente, cortam a relva e tratam das flores.

O pobre e desgraçado jardim da rua da Milharada localizado mesmo em frente da escola de condução, há já alguns anos que não é tratado.

[1]Já uma vez perguntei o nome dessa ribeira e a que vem ao longo da rua Dr. Fernando Fonseca e ainda hoje estou à espera de resposta.

Palácio magnífico mas em completo estado de degradação

< ![CDATA[
Há muito tempo que queria visitar o Palácio Nacional de Queluz e aproveitamos o facto de a entrada ser gratuita aos domingos e feriados (até 14h00), e fomos na passada sexta-feira.
 
Mas nada me preparou para o que iria encontrar: um Palácio magnífico (em França seria um Versailles!) mas em completo estado de degradação. E com um brinde: um pequeno papel informava que nos jardins realizavam-se trabalhos de recuperação, integrados num projecto, com a duração de seis anos!
 
A falta de tudo, nomeadamente de profissionalização dos técnicos de apoio ao museu, fez com que, ao sair, só tivesse vontade de chorar, por este país, por todos nós...

Como pode haver tamanha irresponsabilidade perante o nosso património? Como pode existir não sei quantos milhões para uma cimeira que ninguém queria e para recuperar/manter o que faz parte da nossa história, não há? Quem consegue deter estes criminosos que "pulam" e regozijam nos lugares de poder de um país em auto-destruição?
 
]]>

domingo, 27 de Abril de 2008

Porta 65 : Novo periodo de candidaturas

< ![CDATA[
O Programa Porta 65 Jovem promove estilos de vida mais autónomos por parte de jovens sózinhos, em família ou em coabitação jovem. Este programa destina-se a jovens com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 30 anos.

O Porta 65 já tinha sido lançado, no entanto, com critérios desajustados, o que levou a que muitos jovens ficassem sem o apoio. Reformulado, o Porta 65 permite agora um novo valor nas rendas máximas. No Concelho de Sintra são:

T0 e T1 = 500€

T2 a T3 = 650€

T4 e T 5 = 750€

Os decretos de lei que regulamentam o novo Porta 65 podem ser consultados aqui e aqui. As candidaturas realizam-se no Portal da Habitação e decorrem até ao dia 23 de Maio.

Em caso de dúvidas não esclarecidas pelo Portal da Habitação existe a possibilidade de recorrer às informações do Movimento Porta 65 Fechada, quer no blog como também na mailing list com mais de 400 jovens.

 
]]>

Play-off da Proliga: Queluz vence em Coimbra

Em Coimbra (56-61) o Queluz venceu a Académica.
O Queluz acaba assim por vencer a primeira fase dos play-off da Proliga.


Resultados da primeira fase da Proliga:


Académica - Queluz : 59 - 61

Sampaense - Benfica : 62 - 74

Física - Illiabum : 82 - 75

Esgueira - Vitória : 80 - 72

sexta-feira, 25 de Abril de 2008

25 de Abril na Cidade de Queluz

< ![CDATA[
 fogo de artificio 25 de abril queluz
 
A Cidade de Queluz não terá um evento associado às três freguesias, no entanto, os eventos  acabam por complementar-se. A Junta de Freguesia de Queluz organiza um concerto na noite de 24 de Abril. No dia 25 a Junta de Freguesia de Monte Abraão irá hastear a bandeira e irá oferecer brindes relativos ao 25 de Abril.

Programação

24 Abril

Parque Felício Loureiro

A partir das 21h30 vão actuar Celina, Martina e Micaela seguindo-se um espectáculo de pirótecnia.

Às 00H00 irá haver um espectáculo de artifício.

25 Abril 

Junta de Freguesia de Monte Abraão

Pelas 9H30 irá hastear-se a bandeira na Junta de Freguesia. Irá haver uma oferta de brindes relativos ao 25 de Abril.

]]>

terça-feira, 22 de Abril de 2008

25 de Abril : Papel da Cidadania na Democracia

< ![CDATA[

Fátima Campos, no site da Junta de Freguesia de Monte Abraão, num texto relativo às comemorações do 25 de Abril, destaca o papel da cidadania na democracia e elege três deveres da mesma:

  • «escolher quem nos representa»
  • «participar nas decisões que têm implicações para todos»
  • «posição de crítica construtiva e de saudável vigilância»
Nas comemorações do 25 de Abril, Fátima Campos, Presidente da Junta de Freguesia de Monte Abraão, escreve que «o voto é a excelência da democracia mas também o fim de um processo que requer dos cidadãos uma participação activa e responsável. Liberdade sem cidadania é como ter um bilhete para um espectáculo vazio»
ler o texto completo
]]>

Noite de Fados em Monte Abraão

< ![CDATA[fado queluzRealiza-se no dia 3 de Maio de 2008 a Grande Noite de Fados de Monte Abraão no Salão Paroquial da Igreja Nª Sr.ª da Fé.

Programação:

Refeição Típica: 20H30

Sessão de Fados: 22H00

Fadistas Convidados:

João Santos
Dália Santos
Joaquim Mendes
Margarida Santos

Guitarra:
José Timóteo

Viola:
Pedro Soares

A marcação de mesa deve ser feita através da Secretaria da Paróquia de Nª Sr.ª da Fé

Telefone: 214376294

Organização:

Junta de Freguesia de Monte Abraão

Paróquia de Nossa Senhora da Fé

]]>

segunda-feira, 21 de Abril de 2008

Rio Jamor: Câmara alertada em 2005 para perigo de cheias

< ![CDATA[
O Instituto Superior de Agronomia no Plano Verde de Sintra[1] refere que a «sustentabilidade da região está gravemente comprometida» devido à «edificação nas zonas adjacentes, à excessiva impermeabilização dos solos e à destruição o coberto vegetal da serra, resultantes de uma urbanização desorganizada e desmedida»
 

Já em 2005, no Plano Verde Sintra o Instituto Superior de Agronomia alertava a Câmara Municipal de Sintra no facto de haver um «aumento do perigo de cheias nas áreas urbanas a jusante.»

O Instituto faz o alerta de que «As cheias do Rio Jamor em 1967 vitimaram dezenas de pessoas entre Queluz até Oeiras.» Para além deste facto, também adverte a Câmara Municipal de Sintra que as freguesias da Cidade de Queluz são as que têm um maior Coeficiente Territorial de necessidade de protecção pois é na Cidade de Queluz onde a densidade habitacional é maior.

No Plano Verde para Sintra destaca-se ainda o património associado às ribeiras que percorrem a Cidade de Queluz, a Ribeira de Carenque e o Rio Jamor.

Propostas de Ciclovias

No relatório é proposto a criação de uma ciclovia na Cidade de Queluz que vá de Queluz de Baixo até Belas, seguindo percursos planos adjacentes ao Rio Jamor.

Que função têm as ciclovias?


«A rede deve apresentar funcionalidade própria, o que significa permitir servir os equipamentos de uso quotidiano, como as interfaces de transportes públicos, equipamentos culturais, sociais e de  recreio/lazer; mas deve também, nesta lógica de funcionalidade própria, permitir encaminhar os seus utilizadores para os transportes colectivos, através da ligação com as suas interfaces.

Esta ligação ao sistema de transportes públicos permite garantir que se efectuem longas distâncias quotidianas, sendo as viagens constituídas, quer por deslocações únicas em bicicleta (casa – local de trabalho), como igualmente através da utilização da bicicleta numa parte da deslocação total (casa – interface de transportes ou interface de transportes – local de trabalho), sendo as maiores distâncias intermédias efectuadas em transporte público.»

Existe outra função anexa à construção de ciclovias nas margens das ribeiras pois permitem a recuperação das suas margens, refere o mesmo relatório.

Projecto de Fernando Seara


No dia 23 de Maio de 2003, Fernando Seara prometeu a construção de uma rede de ciclovias que percorria 15 freguesias e que ficaria concluída em 2007. Em 2008 nada foi construído nesse sentido.[2]

Cheias de Fevereiro de 2008 no Jamor

Dois meses após a morte de duas pessoas, na edição do Correio da Cidade de Queluz o título da edição de Abril é «TUDO NA MESMA»

Fontes: 

[1]Plano Verde de Sintra

[2]Ciclovias em Sintra

 
]]>

quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Distrito de Lisboa em Alerta Laranja

< ![CDATA[
O Instituto de Meteorologia de Portugal colocou o distrito de Lisboa em alerta laranja: vento de sudoeste até 65 km/h com rajadas da ordem dos 100 km/h; ondas de oeste até 6 m;  chuva, temporariamente forte e ocorrência de trovoadas por vezes acompanhadas de granizo.

Comunicado do IM 

Devido à aproximação de uma depressão bastante cavada que se prevê às 0:00 horas de amanhã centrada na região da Corunha, com o valor da pressão a atingir os 975 hPa, o estado do tempo no Continente terá um agravamento na próxima noite.

Para a próxima noite e madrugada prevê-se precipitação, que será forte nas Regiões Norte e Centro, e vento do quadrante sul forte a muito forte, destacando-se no entanto as terras altas destas Regiões, onde o vento soprará muito forte a excepcionalmente forte e com rajadas que serão da ordem dos 120 km/h.

A partir da manhã de sexta-feira prevê-se uma diminuição da intensidade do vento e a sua rotação para oeste.  Até Segunda-feira a chuva e o vento persistirão.

O Instituto de Meteorologia aconselha o acompanhamento da situação meteorológica na sua página.

 
]]>

terça-feira, 15 de Abril de 2008

Rio Jamor : famílias à procura de responsáveis

< ![CDATA[
Família das vítimas das duas mulheres que morreram no Rio Jamor afirmam que não desistem perante a recusa de responsabilidades: «Agora é o advogado que está a tratar disso».

Mateus Gomes, viúvo de Sara com quem tem um filho pequeno, afirmou à Lusa que não quer  quer ganhar dinheiro com a morte da mulher, mas sim a responsabilidades para o que aconteceu. O dinheiro é um meio para que nada falte para os seus filhos, diz o mesmo.

Os dois casais são angolanos e estão com dificuldades burocráticas para se candidatarem a apoios estatais. Mateus Gomes disse à Lusa que "Como somos angolanos o óbito tem de constar na certidão de nascimento. Na embaixada dizem-me que o processo pode demorar dois anos e eu só tenho seis meses para me candidatar à pensão de viuvez".

Família descontente com Câmara Municipal de Sintra

"Se o muro ruiu antes delas terem caído no rio alguém deveria ter feito alguma coisa naquele espaço de tempo. A Protecção Civil devia ter interditado a rua. Nós pagamos impostos e depois não se querem responsabilizar?" "Mas não havia ali ninguém, e o Sr. Fernando Seara vem dizer que ela foi teimosa e que foi avisada. Avisada por quem? Não havia lá ninguém naquele momento. Se um carro foi arrastado daquela maneira quem é que estaria ali no meio daquela enxurrada toda a dizer para não passar por aqui ou ali?" disse Mateus Gomes.

Câmara Municipal de Sintra e Estradas de Portugal rejeitam responsabilidade

A única entidade pública a ajudar a família foi a Junta de Freguesia de Monte Abraão com o pagamento do funeral, acompanhamento psicológico e ajuda no processo junto da segurança social. Lúcio Coimbra, marido de Zíbia, diz que nunca recebeu um contacto do  Presidente da Junta de Belas, ou da Câmara de Sintra.

Processo avança para a justiça

Mateus Gomes refere que "A Câmara diz que não tem de assumir responsabilidades porque é uma estrada nacional, atiram a bola uns para os outros. Agora é o advogado que está a tratar disso"
 
]]>

domingo, 13 de Abril de 2008

Assaltos à mão armada continuam

< ![CDATA[
No dia 10 de Abril uma papelaria em Idanha e uma loja de material informático em Massamá Norte foram assaltadas à mão armada.
 
Pelas 18 horas ocorreu o primeiro assalto à papelaria em idanha. O método do assalto é o mesmo utilizado nas 6 pastelarias assaltadas em 10 dias: O jovens assaltantes entram encapuzados e ameaçam os funcionários com o recurso a pistolas 6.35mm.
 
Apesar dos centenas de euros roubados na papelaria os assaltantes só pararam depois de assaltar ainda uma loja de material informático em Massamá Norte. Levaram daí mais uma caixa registadora.
 
As caixas registadoras foram mais tarde encontradas num caixote do lixo em Monte Abraão.
 
Mais tarde, já perto das 19 horas os CTT de Tercena também foram assaltados com recurso a uma arma de fogo.
fonte: correio da manhã
 
]]>

Queluz vence Benfica por 73 / 64

O Queluz recebeu ontem o Benfica onde acabou por vencer com alguma margem o primeiro classificado 73/64.


Esta vitória veio alterar os primeiros classificados na PROLIGA :

VSC -M.Couto Alves com 52 pontos
Sport Lisboa e Benfica com 51 pontos
Queluz Sintra PMundial com 47 pontos
Illiabum com 45 pontos

Física T. Vedras com 44 pontos

O Queluz subiu do quarto lugar para terceiro e fez o Benfica descer de primeiro lugar para segundo quando falta apenas uma jornada para a primeira fase do campeonato de basquetebol PROLIGA terminar.


quinta-feira, 10 de Abril de 2008

À espera do tempo certo...

< ![CDATA[
Ao contrário do que afirmavam alguns acólitos socialistas concelhios, o Centro de Saúde de Massamá não abriu no final de Fevereiro. Naturalmente não abriu. Mas certamente vai ser inaugurado ainda durante o ano corrente, pois nos primeiros meses do próximo ano acontecerão eleições.
 
A propaganda é um instrumento enraizado entre as hostes socialistas, herdeiros naturais dos grupos republicanos que há cerca de 120-130 anos surgiam na sociedade das grandes cidades portuguesas. Gente letrada, oriunda da burguesia, que viu na inflamação popular através de meios propagandísticos a melhor forma de crescer e posteriormente derrubar a monarquia, directamente ou através de grupelhos subsidiários radicais, como veio a acontecer.

Quem compreenda os mecanismos desta técnica antevê as disposições.

Para além do interesse eleitoralista, outro aspecto há a considerar para que o Centro de Saúde de Massamá ainda não esteja a funcionar: pequenas alterações na concepção de funcionalidade, aspectos ergonómicos entre outros, têm que ser revistos pois não se encontram adequados ao perfeito uso das instalações.

Mais um entre os habituais casos de incompetência nas obras públicas: desresponsabilização e orçamentos com pouca aderência.
 
 
]]>

quarta-feira, 9 de Abril de 2008

Fotos do Rio Jamor em Queluz Abril 2008

Queluz após 122,2mm de chuva





Tromba de agua em Queluz rio do Jamor





RIO JAMOR poluido





Bombeiros de Queluz procuram segundo corpo no Rio Jamor em Queluz





Queluz - Rio Jamor - Cheias 18/02/08





Bombeiros de Queluz procuram segundo corpo no Rio Jamor em Queluz





Bombeiros de Queluz procuram segundo corpo no Rio Jamor em Queluz





Cheias no Rio Jamor Queluz





Rio Jamor - Cheias 18/02/08





Rio Jamor - Valejas - Cheias 18/02/2008





Estacionamento abusivo e via perigosa

Residente há cerca de quatro meses na Rua Coronel Melo Antunes, Lote 60, , Urbanização das Flores, em Massamá e com o C.P. 2745-871, vem informar V.Ex.ª que à entrada deste prédio existe um passeio largo com umas arvores.

Realmente um espaço muito bonito e convidativo para que estes residentes desfrutem de tal espaço, zona pedonal, principalmente as crianças, mas não há dia algum que aquele espaço não sirva de parque de estacionamento, e a maioria das vezes há carros estacionados até as escadas que dá acesso ao prédio dificultando estes residentes que alguns ainda andam em mudanças com os seus haveres. Os condutores dos referidos veículos que ali estacionam não são moradores do lote 60. Alguns infractores deste local, infracção ao abrigo do Art.º 49.º n.º1 al.f) do C.E., e danos no passeio punido por pelas posturas Municipais, já foram informados por mim e pelos moradores dos danos que poderão causar e mesmo ameaça-los, entre aspas, com a Polícia (P.S.P.) local ou Municipal mas parece que não dá resultado.

Desta forma solicito a V.Ex.ª mui respeitosamente a V. colaboração para a resolução deste grande problema, para nós é um grande problema, o mais rápido possível e se aceitar a minha opinião a colocação de pilaretes metálicos a vedar este local para impedir o estacionamento ilegal.
Para além desta gravidade ainda há uma outra mais grave, esta rua tem uma inclinação muito acentuada, convida alguns condutores a acelerar mais um pouco os carros bem como as motos, sendo assim é sinónimo de mais ruído, V.Ex.ª sabe perfeitamente que a olho nu não é possível medir a velocidade, o ruído e a poluição, existes cerca de três passadeiras nesta artéria, uma no inicio a Norte, outra a Sul e pensa que uma ao meio, estas passadeiras para os peões estão pouco visíveis e ainda não houve atropelamentos graças a perspicácia das crianças que ali tentam passar diariamente para irem para as obrigações escolares, Escolas, mais um pedido a V.Ex.ª para que seja evitado um mal maior ou desgraça de uma família, a colocação de várias bandas sonoras em toda a extensão em largura da via como verifiquei em Cascais ou em alternativa mais passadeiras próprias para peões com sinalização semafórica vertical com limitador de velocidade e com mais vigilância policial da P.S.P. ou Policia Municipal.

Junto algumas fotos retiradas da zona pedonal em frente ao lote 60 com algumas viaturas ali estacionadas.

Obrigado pela atenção, face a esta situação apenas cumpro o meu dever como cidadão e residente nesta freguesia e Concelho de Sintra, e como agente de autoridade Municipal fora da área de jurisdição.

O meu muito obrigado e sempre as ordens para qualquer prestação para o bom funcionamento e segurança do cidadão, neste momento na freguesia da minha residência, e obrigado senhor Presidente por todo o empenho neste concelho.

Manuel António

terça-feira, 8 de Abril de 2008

Falta de limpeza em escadas públicas

< ![CDATA[Existem umas escadas, situadas por baixo de um predio, entre a Rua Dr. Fernando Fonseca e a Av. Dr. Fernando Ricardo Ribeiro Leitão, que deviam de servir só para aquilo que foram feitas.
 
Mas, infelizmente também são utilisadas como urinóis públicos. Já em tempos a Câmara Municipal de Sintra fez o favor, a meu pedido, de as lavar.
 
Mas como já se passou muito tempo, voltou ao mesmo. Talvez uma visita do Delegado de Saúde aqui da área ajude a resolver o assunto.Aguardando uma intervenção de quem de direito o mais breve possível.
 
]]>

sábado, 5 de Abril de 2008

Aguaceiros e vento forte a partir de segunda-feira

< ![CDATA[
Uma depressão centrada a sul dos Açores e em movimento para leste vai afectar o estado do tempo no território nacional durante os próximos dias. Esta depressão atinge o território nacional a partir de segunda-feira trazendo aguaceiros, trovoadas, vento forte e descida de temperatura.]]>

quinta-feira, 3 de Abril de 2008

Nascentes com água imprópria para consumo

< ![CDATA[

O Instituto Nacional Ricardo Jorge analisou 42 nascentes no concelho de Sintra. Todas as nascentes tinham água imprópria para consumo.

O estudo foi feito a várias nascentes da vila de Pêro-Pinheiro, Sintra, Queluz e Algueirão-Mem Martins. Em 87 por centro das amostras recolhidas no periodo de um ano foram encontradas coliformes fecais acima do que a lei considera ser o limite de risco para a saúde pública.

Em declarações à LUSA a investigadora Maria Helena Rebelo disse que "o consumo de água das bicas e fontanários do concelho de Sintra parece revestir-se de um elevado risco para a saúde por poder desencadear, em particular, doenças infecciosas" e que a equipa do estudo recomendou "à autoridade de saúde de Sintra que encerre as nascentes que estejam em boas condições de limpeza e manutenção e que possuam água classificada de alto risco".

Em muitas bicas e fontanários chegam a fazer-se filas onde os residentes enchem garrafões.
 
Delegada de Saúde de Sintra não defende encerramento
 
"Encerrar é uma expressão forte. Estamos a articular uma estratégia com a Câmara de Sintra para avisar as populações para que não consumam estas águas". "Esta água não deve ser consumida a não ser em casos de carência de água em que seja fervida ou desinfectada. De resto, pode ser utilizada em regas ou em lavagens" disse Maria Portugal.
 
Câmara Municipal recusa prestar declarações
 
A Lusa tentou contactar Fernando Seara, mas fonte do gabinete de comunicação adiantou que a câmara não irá prestar declarações sobre esta matéria.
 
Fonte: Lusa

quarta-feira, 2 de Abril de 2008

"Vozes no Palácio" de Queluz

< ![CDATA[coral encontro vozes no palácioJá neste domingo começa o Ciclo de Concertos no Palácio Nacional de Queluz, evento organizado pelo Grupo Coral Encontro com o apoio das Juntas de Freguesia do Monte Abraão, de Massamá e de Queluz.

A entrada é gratuita.

 

 vozes no palácio

Programação:

06 de Abril de 2008 às 17 horas

NINFAS DO LIZ

PIANO: Joaquim Branco
Direcção Artística: Mário Nascimento

GRUPO CORAL ENCONTRO

Direcção Artística: Sérgio Fontão

ESCOLA DE MÚSICA DE MONTE ABRAÃO

Direcção Artística: Vera Ribeiro

13 de Abril de 2008 às 17 horas

GRUPO CORAL DE QUELUZ

Direcção: Pedro Teixeira

CORO REGINA COELI

Direcção: Paulo Vassalo Lourenço

20 de Abril de 2008 às 17 horas

ENSEMBLE PEREGRINAÇÃO

DO CONSERVATÓRIO NACIONAL
Direcção: Teresita Gutierrez Marques

CORO RICERCARE

Direcção: Pedro Teixeira]]>

terça-feira, 1 de Abril de 2008

Pagamento de IMI começa hoje

< ![CDATA[
A partir de hoje e até ao final do mês de Abril está a pagamento o Imposto Municipal sobre Imóveis.
 
O IMI a pagar este ano é referente ao ano de 2007 e no mês de Abril deve-se pagar a totalidade, excepto se o valor for superior a 250 euros: neste caso o valor é repartido em duas prestações.
 
Em 2003 o IMI veio substituir o Imposto de Contribuição Autárquica.
 
No Concelho de Sintra
Neste ano houve uma redução no IMI. Em 2007 os prédios não avaliados era aplicada a taxa de 0,80% e em 2008 passou a ser 0,72%. Nos prédios avaliados a CMS cobrou 0,45%, enquanto em 2008 cobrará 0,50%.
 
]]>

Musical "Amália para Sempre" em Queluz

< ![CDATA[amalia queluzO musical da Associação Cultural, Social e Recreativa de Cabriz estará em cena no dia 5 de Abril, Sábado, no Salão Paroquial de Nossa Senhora de Fé, em Monte Abraão.
 
"AMÁLIA PARA SEMPRE" é um musical que relata através do canto e da música a vida de uma das maiores personalidades portuguesas do século XX, Amália Rodrigues.

Este espectáculo, foi criado pelo Maestro e Encenador Paulo Taful e conta com um elenco de cerca de trinta artistas. Entre actores, cantores e bailarinos. Com acompanhamento musical e arranjos dos músicos Hugo Janota e Miguel Bahuto.

"Amália para sempre" será uma grande homenagem à maior diva do fado e da canção portuguesa, uma merecida homenagem àquela que melhor cantou a alma e o sentir do povo português! Temos a firme certeza de que será um espectáculo a não perder.

A encenação de Paulo Taful será, uma vez mais, um excelente trabalho de criatividade, passado para os nossos olhos por uma vasta equipa de aderecistas, costureiras e criativos, que estão a trabalhar intensamente para dar vida a este extraordinário espectáculo.

O espectáculo começa às 21H30

Reservas através do nº 919371048 (Maria Luisa Almeida da Associação Cultural, Social e Recreativa de Cabriz) ]]>

Jornais

Últimas imagens

Roteiro da cidade de Queluz

Arquivo

Blogs

Últimos documentos

Últimos comentários

Últimos artigos

Economia

Internacional

Contacte-nos através do mail@queluz.org

Voltar ao topo