quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

CM Sintra cobra 51,10 euros a arrumadores

Comandante da Polícia Municipal de Sintra diz ao Alvor de Sintra que medida “constitui uma forma mais humana de dar estabilidade e aos arrumadores e localizar aqueles que necessitam de apoio”.

Os arrumadores do Concelho de Sintra para exercer a sua actividade terão de ter licença.

Requisitos da licença:
  • Cadastro limpo e inscrição nas finanças
  • Pagamento inicial: 51,10€
  • Renovação: 25€
Esta proposta subscrita por Fernando Seara foi hoje submetida a aprovação na Assembleia Municipal de Sintra.
«Sobre a recepção da medida pelos visados, o responsável admite que “em termos imediatos, é possível que se possam verificar disputas entre arrumadores com e sem licença”. Com o passar do tempo, refere Luís Carvalho da Silva, “a escolha será feita pelos próprios cidadãos, ao gratificarem o arrumador da sua área de residência”. O motivo, espera o comissário, deixará de ser a expressão “ou me dás uma moeda, ou risco-te o carro” para passar a ser “o hábito e a convivência, com os arrumadores a receberem à semana ou ao mês”.»

Recolha de alimentos para o Banco Alimentar

No intermarché em Massamá Norte, no dia 1 e 2 de Dezembro, a 2ª Companhia Sta. Teresa d'Ávila - Massamá, estará a proceder à recolha de alimentos para o Banco Alimentar Contra a Fome.

CDS-PP Sintra diz: Queluz «uma total sensação de insegurança»

Agora, foi a vez do Sr. Inspector Geral da Administração Interna que através de outra “entrevista-choque”, vem criticar com veemência a actuação da PSP e da GNR, dizendo que os seus elementos actuam como se o cidadão fosse o seu inimigo, que não deveriam perseguir os infractores e que a sua conduta é resultado dos muitos filmes americanos que andam a ver.

Na verdade, aquela entrevista foi apenas um elencar de afirmações injustas e impróprias de quem deveria ter a responsabilidade de as não dizer.
Na verdade, o teor daquelas declarações só podiam ser ditas por quem não vive com o sobressalto da insegurança, próprio de quem mora nos subúrbios de Lisboa, como por exemplo nos concelhos de Sintra ou da Amadora.

Todos sabemos que não temos a melhor polícia do mundo, todos sabemos que por vezes também são cometidos excessos, mas Sr. Inspector Geral, nós não podemos tratar os criminosos como coitadinhos, porque coitados são as vítimas, aqueles que são assaltados, agredidos e violados no seu direito à segurança.
A nossa polícia não pode andar a prender criminosos para no dia seguinte serem soltos pelo tribunal. Isso é desmotivante para quem arrisca a sua vida para prender um delinquente e motivante para o criminoso.

A nossa polícia não pode cumprir cabalmente a sua função enquanto não estiver devidamente equipada, com carros patrulha que andem, com armas que disparem e não se encravem nos momentos mais impróprios, com sistemas eficazes de comunicação e de segurança.

A única coisa certa que o Sr. Inspector-Geral disse na sua entrevista, é que se deveria avançar com o processo de fusão da PSP e da GNR.

A ideia da GNR patrulhar as zonas rurais e da PSP as áreas urbanas, já não faz sentido num país como o nosso, até pelos custos que estão associados para manter estas duas estruturas. Certo era juntar estas duas forças numa só e colocar todos os seus efectivos a realizar a sua verdadeira função policial, na rua, deixando as secretárias e os trabalhos administrativos para aqueles que hoje fazem parte das listas dos excedentários do estado.

Para que o Sr. Inspector Geral tenha a noção do que é a realidade, o CDS-PP de Sintra, convida-o a passear à noite pelas ruas de algumas freguesias do nosso concelho. Pode ser em Monte Abraão, na Tapada das Mercês, no Cacém ou em Queluz, mas a passear sozinho, sem motorista ou guarda-costas, que é para sentir aquilo que todos nós, homens, mulheres e crianças deste concelho sentimos quando saímos de casa… é que apesar do esforço dos efectivos da PSP e da GNR, sentimos uma total sensação de insegurança.

Por Silvino Malho Rodrigues

CDS-PP Sintra diz: Queluz «uma total sensação de insegurança»

Agora, foi a vez do Sr. Inspector Geral da Administração Interna que através de outra “entrevista-choque”, vem criticar com veemência a actuação da PSP e da GNR, dizendo que os seus elementos actuam como se o cidadão fosse o seu inimigo, que não deveriam perseguir os infractores e que a sua conduta é resultado dos muitos filmes americanos que andam a ver.

Na verdade, aquela entrevista foi apenas um elencar de afirmações injustas e impróprias de quem deveria ter a responsabilidade de as não dizer.
Na verdade, o teor daquelas declarações só podiam ser ditas por quem não vive com o sobressalto da insegurança, próprio de quem mora nos subúrbios de Lisboa, como por exemplo nos concelhos de Sintra ou da Amadora.

Todos sabemos que não temos a melhor polícia do mundo, todos sabemos que por vezes também são cometidos excessos, mas Sr. Inspector Geral, nós não podemos tratar os criminosos como coitadinhos, porque coitados são as vítimas, aqueles que são assaltados, agredidos e violados no seu direito à segurança.
A nossa polícia não pode andar a prender criminosos para no dia seguinte serem soltos pelo tribunal. Isso é desmotivante para quem arrisca a sua vida para prender um delinquente e motivante para o criminoso.

A nossa polícia não pode cumprir cabalmente a sua função enquanto não estiver devidamente equipada, com carros patrulha que andem, com armas que disparem e não se encravem nos momentos mais impróprios, com sistemas eficazes de comunicação e de segurança.

A única coisa certa que o Sr. Inspector-Geral disse na sua entrevista, é que se deveria avançar com o processo de fusão da PSP e da GNR.

A ideia da GNR patrulhar as zonas rurais e da PSP as áreas urbanas, já não faz sentido num país como o nosso, até pelos custos que estão associados para manter estas duas estruturas. Certo era juntar estas duas forças numa só e colocar todos os seus efectivos a realizar a sua verdadeira função policial, na rua, deixando as secretárias e os trabalhos administrativos para aqueles que hoje fazem parte das listas dos excedentários do estado.

Para que o Sr. Inspector Geral tenha a noção do que é a realidade, o CDS-PP de Sintra, convida-o a passear à noite pelas ruas de algumas freguesias do nosso concelho. Pode ser em Monte Abraão, na Tapada das Mercês, no Cacém ou em Queluz, mas a passear sozinho, sem motorista ou guarda-costas, que é para sentir aquilo que todos nós, homens, mulheres e crianças deste concelho sentimos quando saímos de casa… é que apesar do esforço dos efectivos da PSP e da GNR, sentimos uma total sensação de insegurança.

Por Silvino Malho Rodrigues

PNR Sintra diz «Basta de Criminalidade»

A estação de comboios e terminal de autocarros de Monte Abraão, Queluz, tem sido palco de constantes cenas de um autêntico filme de Brooklin.

Os assaltos, agressões a trauseundes, funcionários da estação e polícias e o vandalismo puramente gratuíto são frequentes nesta estação que é só mais uma onde os grupos de "jovens" actuam descaradamente e com total impunidade.
(..)

Numa acção que foi agendada para as horas de maior fluxo de passageiros nos terminais de transportes e que durou cerca de duas horas, militantes do PNR de Sintra e Lisboa distribuiram milhares de panfletos e trocaram impressões com uma série de pessoas, sendo notório o apoio da população a esta causa nacionalista.

O activismo nacionalista na linha de Sintra é frequente e crescente, procurando desta forma contrariar a também crescente criminalidade.

Não existem soluções "instantaneas" ou milagrosas que resolvam o preblema da criminalidade, mas há alguém que se preocupa, e está disposto a trabalhar nesse sentido.Chega de criminalidade.
(...)

Mais no blog PNR Sintra



Oitenta idosos assaltados em Monte Abraão

Cerca de 80 idosos foram assaltados nas últimas semanas na freguesia de Monte Abraão, em Queluz. A população fala de uma onda de assaltos e queixa-se da falta de policiamento.
Os idosos são as vítimas preferenciais, mas os assaltos na zona estendem-se a lojas e outros estabelecimentos. Os ladrões atacam em momentos de pouco movimento, ou aproveitam alguma distracção.

Esta onda de assaltos não é confirmada pela polícia. Contactado pela TVI, o Comando Metropolitano de Lisboa afirma que as queixas são poucas e que a esquadra da PSP de Queluz garante o policiamento de toda a zona.

22 de Novembro - Notícia TVI

Oitenta idosos assaltados em Monte Abraão

Cerca de 80 idosos foram assaltados nas últimas semanas na freguesia de Monte Abraão, em Queluz. A população fala de uma onda de assaltos e queixa-se da falta de policiamento.
Os idosos são as vítimas preferenciais, mas os assaltos na zona estendem-se a lojas e outros estabelecimentos. Os ladrões atacam em momentos de pouco movimento, ou aproveitam alguma distracção.

Esta onda de assaltos não é confirmada pela polícia. Contactado pela TVI, o Comando Metropolitano de Lisboa afirma que as queixas são poucas e que a esquadra da PSP de Queluz garante o policiamento de toda a zona.

22 de Novembro - Notícia TVI

segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

60% dos crimes sem queixa

< ![CDATA[

Um estudo da Deco revela que de 2400 portugueses, 40% foi vítima de um crime nos últimos 5 anos. 60% das vítimas de crime não apresentou qualquer queixa às autoridades.

Este estudo foi feito também na Espanha, Itália e Bélgica (pelas suas congéneres) e Portugal é o segundo país onde o sentimento de insegurança é maior. O principal motivo da não apresentação de queixa e chumbo das autoridades polícias (45%) é o facto das autoridades portuguesas não disponibilizarem informações sobre o estado e percurso do processo.

Este estudo pode ser consultado no site da Deco .

]]>

quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

Mensagem do "Água - Um Ciclo sem fim?"

Muito poucas pessoas conhecem o significado do nome da nossa freguesia (Massamá) e, visto que o tema do nosso trabalho trata a água e a sua importância no planeta, achámos que seria interessante deixar um excerto de uma página da Wikipédia, que passamos a citar (presente numa pesquisa por "Massamá"):

"Povoado de origem árabe, o seu nome deriva do topónimo "MACTAMÃ", que se traduz por "lugar onde se toma boa água "ou "fonte ". Situado a meio caminho das praças fortes de Lisboa e de Sintra, era aqui que os antigos guerreiros, caçadores e viajantes costumavam parar, durante as suas viagens, para descansar e para se refrescarem a si e às suas montadas."

Ligamos então o nosso tema a uma origem história da freguesia, achando importante salientar alguns dos problemas relacionados com a água em Massamá. Um dos membros do grupo, que vive na zona norte de Massamá (ou "Massamá Norte") passa todos os dias pelo jardim do lado do LIDL e muito (mas mesmo muito) frequentemente encontra as regas do jardim direccionadas para o CHÃO e não para a RELVA, que se encontra completamente seca, apresentando uma cor amarela e pouco saudável. Em oposição a esta situação, nos dias de muita chuva, os regadores passam um tempo prolongado a regar a relva, alagando todo o jardim. Não podemos continuar a desperdiçar água desta maneira, até porque esta é apenas UMA das MUITAS situações de desperdício em Massamá.

Deixamos então o nosso blog, para que os "Massamaenses" interessados no nosso projecto o possam visitar!

Água - Um Ciclo sem fim? da Esc. Sec. Stuart Carvalhais

terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Novo centro de saúde de Queluz

O Bloco de Esquerda entregou, na Assembleia da República, duas propostas de alteração do PIDDAC (Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central), para que, em 2008, o plano inclua a construção das extensões de saúde de Agualva e de Queluz. A proposta surge porque estas extensões funcionam em prédios de habitação, sem acessos para utentes com dificuldades de mobilidade nem condições para a prestação de cuidados, servindo milhares de pessoas. Para a extensão de Queluz, a proposta apresentada é de 200 mil euros, verba destinada à elaboração do projecto (ou para a construção de um edifício de raíz ou para a adaptação de um outro) e ao início das obras. Para a extensão de Agualva, que tinha um projecto, anulado em Agosto pela Câmara de Sintra por desactualização técnica do projecto, o BE propõe uma verba de cem mil euros, para a reformulação do projecto e o início da obra.

Notícias da Manhã

Centro de Saúde de Massamá abre em 2008

desta vez quem confirma abertura é António Branco, Presidente do Conselho Directivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.
«Prevemos que o Centro de Saúde de Massamá abra em Janeiro/Fevereiro de 2008. O atraso na abertura deve-se a problemas de natureza jurídica e contratual. O Centro de Saúde de Massamá vai acolher três Unidades de Saúde Familiares.»
no CM

segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Mau tempo em Queluz


Mais no Dona Maria

Acessibilidades de Massamá

Rua = Estrada da Barota

Problema = na minha opinião como moradora de Massamá (belas) o maior problema são as acessibilidades para quem mora nesta zona visto que a maior parte da população trabalhar em Lisboa e algumas em Sintra ou outras que necessitam de recorrer à CREL para se deslocarem para os seus locais de trabalho. É urgente abrirem outra saída e entrada para quem vai em sentidos opostos se isso fosse possível provavelmente iria aliviar o transito dentro de Massamá. Para quem tem crianças,levanta- las ás 06:30 para os pais chegarem a atempadamente aos locais de trabalho é muito doloroso. Pergunto será que isto significa qualidade de vida para estas crianças que serão o futuro desde pais?

Estela Silva

Acessibilidades de Massamá

Nome = Estela Silva
Rua = Estrada da Barota
Problema = na minha opinião como moradora de Massamá (belas) o maior problema são as acessibilidades para quem mora nesta zona visto que a maior parte da população trabalhar em Lisboa e algumas em Sintra ou outras que necessitam de recorrer a crel para se deslocarem para os seus locais de trabalho. É urgente abrirem outra saída e entrada para quem vai em sentidos opostos se isso fosse possível provavelmente iria aliviar o transito dentro de Massamá.Para quem tem crianças,levanta- las ás 06:30 para os pais chegarem a atempadamente aos locais de trabalho é muito doloroso. Pergunto será que isto significa qualidade de vida para estas crianças que serão o futuro desde pais?

domingo, 18 de Novembro de 2007

O porquê do abate dos carros



Em alternativa ao abandono...

sábado, 17 de Novembro de 2007

Carros ao abandono enquanto se constroem mais parques de estacionamento

Em 2002 no Boletim da Câmara Municipal de Sintra foi escrito o seguinte:
A Câmara de Sintra já removeu cerca de cem automóveis abandonados no concelho, terminando assim a primeira fase da operação de rebocagem que deverá retirar das ruas mais de mil viaturas. "Já removemos cerca de 100 carros das freguesias de Belas e Pero Pinheiro. Mas temos mais de mil para rebocar em todo o concelho?, disse o vereador da Protecção Civil, Lacerda Tavares. A operação vai continuar na Freguesia de Massamá, avançando depois para Almargem do Bispo, Casal de Cambra, São Marcos, Monte Abraão, Queluz, Agualva, Cacém, Mira Sintra, São Pedro, Rio de Mouro, Mem-Martins, Colares, São Martinho, Santa Maria, São João das Lampas, Terrugem e Montelavar. "Trata-se de uma grande operação com custos elevados que será efectuada nas 20 freguesias do concelho", acrescentou Lacerda Tavares, adiantando que "se todos os anos existirem mil e tal carros para rebocar, então a autarquia terá que adquirir o equipamento necessário". O vereador Lacerda Tavares adiantou ainda que a Câmara se encontra agora a analisar a situação de venda de carros na via pública. "Estamos a fazer o levantamento do número de carros que estão à venda na via pública. Por exemplo, em Queluz e no Cacém isto constitui um grande problema, pois há dezenas de lugares que estão ocupados em permanência devido a este tipo de situações", concluiu.
Em 2007 os carros abandonados na Cidade de Queluz são muitos e sem resolução à vista...

Perguntas:
  • Que equipamento foi adquirido pela autarquia para resolver a situação?
  • Fernando Seara já era presidente da CMS, que fez entretanto?
  • Ainda estão a fazer o levantamento?
  • Há verbas para fazer novos parques de estacionamento na Cidade de Queluz, no entanto, para remover os veículos abandonados não há verbas?
  • Novos parques para carros abandonados?

quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Palácio de Queluz ao abandono

... com o governo socialista de José Sócrates, tudo se inverteu: deixámos cair o património por falta de meios para o conservar; os museus nem têm verbas para assegurar com dignidade as portas abertas;

(...)

O próprio palácio de Queluz está como nunca esteve, numa situação de abandono.
escreve Zita Seabra no Público

A Junta de Freguesia de Queluz convida os residentes da Cidade de Queluz a um jantar de 100€ para ajudar na reabilitação da estátua de Dona Maria I
No âmbito das Comemorações da chegada da Família Real ao Brasil, o Palácio Nacional de Queluz organiza um jantar, no dia 27 de Novembro, pelas 20h30.
Reserve já o seu lugar e viva tempos de partida do Príncipe Regente D. João e da Família Real para o Brasil, com animação histórica, música e canto da época, e contribua para o restauro da estátua da Rainha D. Maria I As inscrições são limitadas.
Este jantar é uma iniciativa da Fundação Luso Brasileira e conta com a participação da Escola Portuguesa de Arte Equestre.

Mais informações

Outro carro abandonado - este sem matrícula

Moro em Massamá, na Rua Drº António Garcia de Vasconcelos onde esta estacionado um carro abandonado cinzento, e afirmo que esta abandonado porque já que ninguém repara que não tem sequer matricula, não deve poder circular. Eu que pago o selo do meu carro quando chego e preciso de estacionar esta aquela lata velha a ocupar um lugar.

Catarina Leal (na mailing list já com mais de 50 pessoas)
Mais sobre o abandono de carros na Cidade de Queluz:

Queluz - A cidade dos carros abandonados

Polícia Municipal não actua na Cidade de Queluz

Lixo em Massamá e veículos abandonados

Autocarro abandonado na Rua Isabel da Mira há quase um mês

Carro Abandonado

< ![CDATA[

Moro em Massamá, na Rua Drº António Garcia de Vasconcelos onde esta estacionado um carro abandonado cinzento, e afirmo que esta abandonado porque já que ninguém repara que não tem sequer matricula, não deve poder circular. Eu que pago o selo do meu carro quando chego e preciso de estacionar esta aquela lata velha a ocupar um lugar.

 

]]>

Carro Abandonado

Moro em Massamá, na Rua Drº António Garcia de Vasconcelos onde esta estacionado um carro abandonado cinzento, e afirmo que esta abandonado porque já que ninguém repara que não tem sequer matricula, não deve poder circular. Eu que pago o selo do meu carro quando chego e preciso de estacionar esta aquela lata velha a ocupar um lugar.

Catarina Leal

Muito mal está a nossa freguesia!

Muito mal está a nossa freguesia!

«Os nossos jovens deveriam ser mais participativos»

< ![CDATA[
Rua: Av. Américo Ferrer Lopes
 
Antes de mais, dizer que este blog é sem duvida um blog com substancia e muito importante na reflexão dos nossos problemas numa freguesia que necessita de massa critica. Num concelho com tanta densidade populacional, torna-se importante ter este espaço de discussão. Posto isto, aquilo que me motiva a escrever neste blog é um problema de actividade juvenil e participação cívica. Não deveriam os jovens ser mais activos na discussão dos problemas da freguesia e concelho? Será que as estruturas partidárias, nomeadamente as Jotas, não deveriam ter um papel mais activo nas freguesias? Eu penso que os nossos jovens, eu próprio o sou, deveriam ser mais participativos, mais dinâmicos, coisa que ,de momento, não acontece. Será um problema cultural? deixo esta reflexão aqui.
]]>

terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Tomar calmamente o seu pequeno almoço...





«Repetindo-se por vários dias...
Somos surpreendidos, depois de aguardar calmamente na fila desde a igreja a caminho da rotunda do repuxo, "Pimenta e Rendeiro" por uma SENHORA que, como tem que cumprir horários, passa por todos nós na faixa contrária para ir tomar calmamente o seu pequeno almoço, estacionando conforme imagens em anexo.»
Na Mailing List de Massamá

Associação de Freguesias da Cidade de Queluz?

A Cidade de Queluz é formada por 3 freguesias, sendo as mesmas Queluz, Monte Abraão e Massamá. Existe uma figura jurídica criada na Lei n.º 175/99 que prevê a criação de uma Associação de Freguesias. As juntas de freguesia da Cidade de Queluz nunca pensaram em unir-se para a criação de projectos em comum?

O que diz a lei?

segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Protesto contra as linhas de alta tensão

< ![CDATA[

Residentes da Cidade de Queluz e de Silves protestam amanhã junto às instalações da empresa Redes Energéticas Nacionais (REN), em Lisboa.

Hora do protesto: 12H00

Local: REN, Avenida Estados Unidos da América - Lisboa

Existe um blog com informações úteis sobre a questão da alta tensão. O Muita Alta tensão destaca Fátima Campos, presidente da Junta de Freguesia de Monte Abraão a quem a Visão intitulou de Guerreira .

sábado, 10 de Novembro de 2007

Queluz, a cidade dos carros abandonados

e a cidade da negligência da Polícia Municipal de Sintra...

Na Avenida Miguel Bombarda são muitas as viaturas abandonadas, sem seguro ou imposto municipal, mesmo assim a polícia municipal de Sintra não actua proactivamente. Trata-se de uma rua bastante congestionada e com muito tráfego de autocarros, e à falta de estacionamento o estacionamento na própria estrada impera.

Fica aqui o caso de mais uma viatura abandonada:


Matrícula:
SJ-09-74
Tempo de abandono: Vários meses
Factos que revelam abandono: Viatura não tem roda à frente no lado direito.

Bastava a acção da Polícia Municipal de Sintra para o problema de estacionamento na Cidade de Queluz terminasse. Com toda a certeza não seriam necessários os tais parquímetros.

Caso tenha conhecimento de mais viaturas abandonadas na Cidade de Queluz envie-nos por mail fotos/matrícula e tempo de abandono para mail@queluz.org

quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

Árvores caídas no campo de futebol

Nome = Paulo Araujo

Rua Vitorino Nemésio

Problema = gostaria que a junta viesse limpar/endireitar as árvores caídas no campo de futebol que existe na rua Vitorino Nemésio.

obrigado

Árvores caídas no campo de futebol

< ![CDATA[

Rua Vitorino Nemésio

Gostaria que a junta viesse limpar/endireitar as árvores caídas no campo de futebol que existe na rua Vitorino Nemésio.

obrigado

]]>

quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

Aprender a identificar cogumelos

< ![CDATA[

Aprenda a identificar cogumelos na Matinha de Queluz acompanhado de um guia conhecedor (engenheira agrónoma com grande experiência no estudo de cogumelos) por 60€.

De todas as espécies silvestres os cogumelos são das menos conhecidas em Portugal. Companheiros de fadas e bruxas, ingredientes de poções fantásticas, mezinhas terríveis e pratos deliciosos. Para os desmistificar, vamos conhecê-los em dois passeios pela Matinha de Queluz acompanhados de um guia conhecedor (engenheira agrónoma com grande experiência no estudo de cogumelos) que nos contará muito do que sabe. No fim do passeio vamos ter uma saborosa refeição em que não deixaremos de ter os cogumelos como prato central.

Datas: 11 e 18 de Novembro (pré-inscrição necessária até a quinta-feira anterior ao dia do passeio).

Preço: 60€ com passeio, seguro, formação, pequeno guia ilustrado e refeição. Para aceder á apresentação do programa clique aqui.

As inscrições deverão ser feitas para natureza@terramater.pt

quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Centro de Saúde de Massamá novamente adiado

O Ministério da Saúde anunciou à imprensa no dia 14 de Outubro que o Centro de Saúde de Massamá no 1º semestre de 2008 abria.

Ontem, dia 31 de Outubro, no JN vem noticiado que "depois de ter estado fixada em 2008, a previsão de conclusão da extensão do Centro de Saúde em Massamá "salta" para 2010."

Está a decorrer uma petição pela abertura do Centro de Saúde de Massamá já com mais de 80 assinaturas.

Jornais

Últimas imagens

Roteiro da cidade de Queluz

Arquivo

Blogs

Últimos documentos

Últimos comentários

Últimos artigos

Economia

Internacional

Contacte-nos através do mail@queluz.org

Voltar ao topo  

雪茄网购| 雪茄| 哈瓦那雪茄| 雪茄价格| 雪茄烟网购| 雪茄专卖店| 雪茄怎么抽| 雪茄烟| 雪茄吧| 陈年雪茄| 大卫杜夫雪茄| 保利华雪茄| 古巴雪茄品牌| 古巴雪茄| 古巴雪茄多少钱一只| 古巴雪茄专卖网| 烟斗烟丝| 小雪茄| 金特罗雪茄| 帕特加斯d4 | 蒙特雪茄| 罗密欧朱丽叶雪茄| 网上哪里可以买雪茄| 限量版雪茄| 雪茄专卖| 雪茄专卖网| 雪茄哪里买| 买雪茄去哪个网站| 推荐一个卖雪茄的网站| 雪茄烟| 古巴雪茄价格| 雪茄海淘| 雪茄网| 帕拉森雪茄|

上車盤| 搵樓| 豪宅| 校網| 居屋| 貝沙灣| 美孚新邨| 嘉湖山莊| 太古城| 日出康城| 九龍站 | 沙田第一城| 樓市走勢| 青衣| 西半山| 西貢| 荃灣|

electric bike| best electric bike| electric bikes for adults| e bike| pedal assist bike| electric bikes for sale| electric bike shop| electric tricycle| folding electric bike| mid drive electric bike| electric trike| electric mountain bike| electric bicycle| electric bike review| electric fat bike| fat tire electric bike| women's electric bike |

school| international school of hong kong| international school| school in Hong Kong| primary school| elementary school| private school| UK school| british school| extracurricular activity| Hong Kong education| primary education| top schools in Hong Kong| Preparatory| best international schools hong kong| best primary schools in hong kong| primary school hong kong| private school hong kong| british international school| extra-curricular| school calendars| boarding school| school day| Bursary| British international school Hong Kong| British school Hong Kong| English primary school Hong Kong| English school Hong Kong| International school Hong Kong| School Hong Kong| boarding school Hong Kong| best school in Hong Kong| School fees|