sábado, 29 de Setembro de 2007

Parque infantil ao abandono na praceta Carolina Beatriz Angelo

Nome: Maria João
Rua: Pcta Carolina Beatriz Angelo
Problema: Eu moro numa zona relativamente nova (Alto de Tercena, junto Hotel Sun Park), acontece que por ficar nos limites por vezes somos esquecidos que pertencemos a esta junta. Acontece que temos um parque infantil construido pelo construtor, que só quem la brinca são os animais. Pois com estas novas normas de ambiente e higiene construiram o parque com areia, manutenção não existe nunca. A urbanização é nova e existe muitas crianças pequenas. Mas ninguém faz nada para melhorar a situação.

sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Jovem de 19 anos colhida por comboio na estação de Massamá

A imagem "http://dn.sapo.pt/2007/08/02/909727.jpg" não pode ser mostrada, porque contém erros.

«Uma jovem de 19 anos foi hoje colhida por um comboio na estação de Barcarena (Sintra), tendo sido transportada para o Hospital de S. José depois de assistida no local, disse à Lusa fonte do INEM.

O acidente ocorreu cerca das 10:20, e a equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) ao chegar ao local deparou-se com a vítima consciente, "mas muito agitada, tendo sido sedada, ventilada e entubada, dando posteriormente entrada no Hospital São José", disse a mesma fonte.»
Lusa

quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

terça-feira, 25 de Setembro de 2007

«Estão a matar Queluz»

"Resido em Queluz há seis anos, uma zona maravilhosa que na minha opinião precisa de mais incentivos e mais iniciativas, por isso propus à Junta de Freguesia elaborar acções culturais em Queluz. Havia várias hipóteses, feiras de teatro de rua, ateliers ambientais, de reciclagem, enfim, várias ideias, mas o presidente da Junta vetou-as todas. Ele não faz nada nem permite fazer. Ele sim deveria mudar. Em épocas de eleições anda aí atrás das pessoas, mas depois... No Natal nada estava enfeitado, claro que assim as pessoas não saem à rua, não dinamizam Queluz."

Patrícia Barbosa, 35 anos, empregada da Vasp

"Estou estabelecido na zona central de Queluz há 12 anos e vejo a evolução da freguesia muito negativa. Queluz está envelhecida, os prédios estão muito degradados e cada vez pior porque não há investimento nem público, nem privado. Faltam também infra-estruturas quer a nível cultural, quer a nível desportivo e de lazer. Estão a deixar Queluz morrer. Até a feira do livro levaram para o Parque Felício Loureiro. O parque automóvel ficou a ganhar e os cidadãos e os comerciantes a perder."

Paulo Neves, 37 anos, comerciante

sábado, 22 de Setembro de 2007

Grande Prémio da Cidade de Queluz

O Grande Prémio da Cidade de Queluz decorre amanhã às 10H00 da manhã.

Local: Palácio Nacional de Queluz.

Trata-se da sexta edição desta prova de atletismo que no total tem 10 quilómetros e a mini 3,5 quilómetros.

Este ano a prova fica marcada por dois aspectos negativos.
  • Falta de informação ao público (apenas uma pequena referência na agenda do site da Junta de Freguesia de Queluz. No caso de Monte Abraão nem uma referência. Massamá continua com o site por actualizar.)
  • A não atribuição de prémios monetários a atletas estrangeiros.
A prova é organizada pela Junta de Freguesia de Queluz com o apoio da Associação Atlética do Pego Longo.

QUELUZ só premeia portugueses

O VI GRANDE PRÉMIO DE QUELUZ, apesar de permitir inscrições a outras nacionalidades que não sejam portuguesas, apenas premeia pessoas com nacionalidade portuguesa.

Esta informação pode ser vista na Revista de Atletismo, onde é indicado que «(prémios monetários só para portugueses)».

O BE já contestou esta regra do VI GRANDE PRÉMIO DE QUELUZ.

Intervenção da Assembleia Municipal de Sintra peca por tardia

No dia 19 de Setembro a REFER anunciou a construção da passagem pedonal na estação de Massamá num prazo de 120 dias.

Ontem, dia 21 de Setembro, foi aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal de Sintra a exigência de passagens pedonais à REFER em Massamá.

Pergunta:
Será que quem representa a população do concelho de Sintra não está a par do que se passa?

sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

Avenida Miguel Bombarda em Queluz cheia de problemas

Uma das principais Avenidas da Cidade de Queluz, onde se concentram serviços como as Finanças que servem mais de 100 mil pessoas e a Conservatória de Registo Civil atravessa vários problemas ignorados pela Junta de Freguesia de Queluz e pela Câmara Municipal de Sintra.

Falta de iluminação e trânsito congestionado. Veja os vídeos:





Acumulação de garrafas partidas e lixo na Quinta das Flores

Nome: Mateus Noronha
Rua: Rua Francisco Salgado Zenha

Problema: Enquanto morador na Quinta das Flores, muito me entristece que ao efectuar um passeio na zona circundante à Junta de Freguesia de Massamá se verifica uma acumulação de garrafas partidas e lixo, o que nos envergonha a todos quantos lá moram.

Para além disso, a quantidade de vidros partidos, o perigo que representa para as crianças que ali passam diariamente.

Nunca verifiquei nenhuma equipa de limpeza a recolher o lixo do chão naquela zona.

Ruído perto da linha de comboios

http://img32.photobucket.com/albums/v95/ana_cascao/IMAG0315.jpg

Falei ao SNR PRESIDENTE que vai sendo difícil viver perto da linha do comboio ex: LARGO D.AFONSO HENRIQUES, PADRE AMÉRICO e outros porque o nível de ruído ultrapassa todos os valores.

A C.P. não respeita esses valores (bastava colocar painéis ao longo da linha como fez em MONTE ABRAÃO) e isto que por si já é grave temos actualmente casos muito GRAVES em certos dias da semana passam comboios de mercadorias que ás duas ou três da madrugada apitam quando se aproximam da estação, estão já a ver o que foi feito: NADA!!!!

Mário Martins (na mailing list sobre Massamá)

«Alunos de Massamá estudam fora da área de residência»

Alunos de Massamá e Belas estão a ser obrigados a frequentar escolas fora da área de residência devido ao número insuficiente de escolas no concelho de Sintra.

"Em Sintra não temos escolas em número suficiente por falta de investimento do Ministério da Educação e da Direcção Regional de Educação de Lisboa (DREL)", disse Luís Patrício, vereador da Educação da autarquia, à Agência Lusa.

O vereador salientou que "os estudos da carta educativa indicam que para o concelho de Sintra chegar a uma situação ideal até 2016 será necessário um investimento superior a 100 milhões de euros".

Luís Patrício adiantou que o Ministério da Educação lhe garantiu que "a escola EB 2 3 no Alto de Colaride começaria a ser construída no início do próximo ano".

Actualmente, dada a lotação das escolas nas suas áreas de residência, os alunos das freguesias de Massamá e Belas foram forçados a frequentar escolas em Monte Abraão. Esta situação provocou uma lotação das escolas de Monte Abraão e obrigou à deslocação de alunos desta freguesia para Queluz.

A presidente da Junta de Freguesia de Monte Abraão, Fátima Campos, acusou a Câmara Municipal de Sintra de fazer corresponder "a Massamá e Belas (Massamá Norte) o Território Educativo" das escolas EB 2,3 D. Pedro IV e Secundária Miguel Torga, ambas localizadas na área geográfica de Monte Abraão".

"A Escola EB 2 3 D. Pedro IV tem 1200 alunos, e cerca de 95 por cento destes são de Massamá e Belas", disse a autarca.

Luís Patrício explicou que estas situações se devem ao facto dos "territórios educativos, por vezes, não coincidirem com as áreas territoriais das freguesias".

Jornal de Notícias
Quer isto dizer...
Todos os alunos da Cidade de Queluz ficaram a estudar na Cidade de Queluz e, na medida do possível, na escola mais próxima.

Mais
Território educativo de Massamá e Monte Abraão

quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

Mercado de Queluz

Em 2004 escrevia-se:
A intervenção no Mercado de Queluz e no seu espaço envolvente sempre foi considerada no âmbito da Intervenção Operacional Estratégica de Queluz, como estrategicamente fulcral com vista a um processo de requalificação profunda e efectiva do aglomerado de Queluz.

Numa perspectiva de dinamizar os Mercados Municipais prevê-se a realização de diversos eventos, através de parcerias internas e externas à Câmara, abarcando as seguintes temáticas:

- Feiras de artes e ofícios;

- Feiras de pintura, escultura, azulejaria e cerâmica;

- Feiras do livro;

- Feiras de coleccionismo;

- Feiras de velharias;

- Feiras de artesanato;

- Vendas de Natal.

Na tentativa de envolver os próprios comerciantes na realização de eventos que favoreçam as suas actividades, prevê-se também a realização de feiras vocacionadas para determinados produtos hortícolas da época, como por exemplo:

- Feira da castanha;

- Feira do morango;

- Feira da maçã.

Pretende-se também pontualmente implementar a realização de animação com demonstrações de dança, teatro, desportivas, circenses e musicais.

quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

Centro de Saúde de Massamá continua por abrir

O Centro de Saúde de Massamá está construído há mais de um ano, desde Agosto de 2006. A Câmara Municipal de Sintra investiu 4 milhões de euros na sua construção, quando a responsabilidade era do Governo.

Apesar do investimento feito pela CMS, o Ministério da Saúde mantém o Centro de Saúde de Massamá fechado.

Em Setembro de 2006 a Assembleia Municipal de Sintra condenou o Governo Socialista pela não abertura do Centro da Saúde de Massamá. Esta votação contou com a abstenção do PS Sintra.

O Alvor de Sintra gravou a sessão que disponibilizamos aqui:









Recorda-se que está a decorrer a Petição pela abertura do Centro de Saúde em Massamá que até à data conta com 57 assinaturas.

Todos os residentes da Cidade de Queluz e Belas são afectadas pelo facto deste equipamento se encontrar por abrir, uma vez que os residentes de Massamá são forçados a deslocar-se ao Centro de Saúde de Queluz. A não abertura do Centro de Saúde de Massamá, responsabilidade do PS, afecta 120 mil pessoas.

Monte Abraão pela noite





Projecto de iDEIAS.eM.rT

Começa a construção da passagem pedonal na Estação de Massamá

Depois de outra mulher ter morrido na estação de Massamá, a REFER adjudicou a empreitada de “Concepção / Construção da Passagem Superior Pedonal na Estação de Barcarena, ao PK 15,033, da Linha de Sintra” à empresa MTR - Gestão, Consultadoria & Comércio, Lda.

Valor da empreitada: 248.989 euros
Prazo de execução: 120 dias

O que é a passagem pedonal?
Estrutura metálica com dois metros de altura, que vai vencer um vão de cerca de 30 metros, correspondente à largura da futura via quádrupla. Os seus acessos serão assegurados por uma rampa do lado de Massamá e escadas e elevador do lado de Tercena.

Parque infantil junto ao acesso à estação de comboios

Nome: Paulo Dias
Rua: Praceta Cesário Verde
Problema: A intervenção que foi feita no parque infantil junto ao acesso à estação de comboios ficou inacabada e piorou as condições do referido parque: se antes apenas nos tínhamos de preocupar com os bichos que emergiam da areia, agora existem diversos objectos de metal e arame espalhados pelo parque pondo em perigo as crianças que tentam brincar no parque.

terça-feira, 18 de Setembro de 2007

Território educativo de Massamá e Monte Abraão


Estas escolas sempre serviram a população de Massamá assim como a população de Monte Abraão, talvez fosse interessante a divulgação da percentagem de estudantes de Monte Abraão e de Massamá que estudaram nas referidas escolas para se chegar a essa conclusão.

Não se sabe se há alunos de Monte Abraão que ficaram de fora destas escolas e quais as razões. Era importante saber casos práticos e se houveram, qual o motivo e em que escola esses alunos foram colocados.

Desde que os alunos permaneçam nas escolas da Cidade de Queluz, a distância entre as mesmas não é muita, e existem transportes. O ruído criado em torno desta questão onde não se conhecem casos práticos leva a coisa nenhuma e a concluir que o Ministério da Educação fez bem em definir Massamá e Monte Abraão como o território educativo para estas escolas. Os pais e alunos, dentro da Cidade de Queluz, devem poder escolher qual a escola que pretendem frequentar e saber quais os critérios de admissão, se for o território, que seja, mas de uma cidade e não de apenas uma freguesia que só tem uma escola. Ora isso não permite a escolha.

Nota: Ambas as escolas, desde que pertencem ao território da Junta de Freguesia de Monte Abraão nunca colocaram palavra Monte Abraão no seu nome, em parte, porque há um grande número de alunos que vem de outras freguesias da Cidade de Queluz.

É por estas discordâncias que no aniversário do décimo ano da Cidade de Queluz não houveram comemorações.

Cidade Viva : Sintra na blogoesfera


A edição nº10 do Cidade Viva destaca o blog Problemas em Massamá no artigo Sintra na Blogoesfera.

Outros blogs da Cidade de Queluz destacados são:

segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

Transportes no concelho de Sintra mais caros do que em Oeiras

Pelo que entendi, este site pertence a pessoas que se preocupam com questões de Massamá nomeadamente qualidade de vida dos munícipes.

Fiz um contacto o ano passado com a Câmara de Sintra, mas claro que não fui ouvida.

Constatei este ano que a no Município de Oeiras , a Vimeca pratica um passe COMBUs no valor de 15, 10 Euros segundo os casos para os munícipes.

Ora nós cá pagamos pelos alunos vinte e poucos Euros para o passe da Vimeca.

Porque é que a Câmara de Sintra não faz o mesmo para Massamá?

Belly Spencer

"AMBIENTE MAU" - ESPAÇOS VERDES EM MASSAMÁ

Vários aspectos:

1) Cortar erva que cresce entre os passeios e os edifícios, principalmente na rua paralela a rua da milharada junto a ponte D. Ana, é geral um pouco por todo lado.

2) A degradação e o desleixo é visível na cooperativa habitacional junto a estação de Barcarena/Massamá eu desleixo favorece ainda mais o lixo etc..

3) Junto a Estação de Barcarena no Largo D Afonso Henriques: é lixo e mais lixo e ratos e mais ratos, todos os dias as pessoas que apanham o comboio vêm panorama de miséria com os ratos a passarem a frente do nossos pés. Com lojas em frente: clínicas, talho, cabeleireiros, etc...

4) Os funcionários da junta de freguesia deveriam percorrer a pé Massamá e certamente verificariam determinadas situações que nos envergonham a todos quantos lá moram, por exemplo já verificaram a quantidade de veículos abandonados ( que se vê pelo aspecto do veiculo e falta do dígito do seguro) que estão ocupar o estacionamento de veículos que circulam.

5) Os próprios funcionários que varem, varem muito mal.

Muito mais a veria para dizer sobre o “Ambiente Mau” em Massamá, mas de momento não tenho mais tempo.

Uma coisa é certa compramos as casas caríssimas, pagamos os nossos impostos, contribuições, esgotos etc... e depois o temos em troca é o que se vê.

Talvez isto tudo fosse caso para SIC para o programa “nós por Cá” de Conceição Lino.

Isabel Cardoso

domingo, 16 de Setembro de 2007

"CIDADANIA ACTIVA E DEMOCRACIA PARTICIPATIVA" pela JS em Queluz

No próximo dia 22 de Setembro pelas 16h00, a Juventude Socialista Concelhia de Sintra e a CPC do PS Sintra, promovem a sessão intitulada “ Cidadania Activa e Democracia Participativa” que será apresentada pela Dr.ª Fernanda Ferreira (autora de um trabalho sobre Democracia Participativa no ISCTE) e terá lugar na Sala Multiusos Fernando Ribeiro Leitão, em Queluz.
A questão da cidadania sendo um tema que está relacionado com a evolução das sociedades, é hoje para além de um conceito, uma dinâmica que conhece diferentes contornos e abordagens. O que nos propomos é reflectir, de uma forma informal, sobre o tema da Cidadania, reportando-nos a experiências políticas e sociais conectadas com a Democracia, outro conceito basilar da organização das sociedades modernas.
Abordaremos a experiência da Democracia Participativa, a sua origem e sentido dos movimentos surgidos da sociedade civil.
Cidadania Activa, Cidadania Europeia e Cidadania Participativa - como nos revemos nas mudanças que estão a ocorrer em termos políticos, económicos e sociais em todo o mundo? O que está a mudar? E como podemos fazer parte das mudanças? No fundo, como podemos ser cidadãos, intervir e ter um papel a desempenhar nos desenvolvimentos locais, nacionais e mundiais?
Pensar tudo isto com atitude de participação é o desafio para o qual contamos contigo!
Qualquer informação adicional:
960393031
jsconcelhiasintra@gmail.com

sábado, 15 de Setembro de 2007

José Mestre, o antigo controlador de trânsito de Queluz

Está a ser feito um documentário sobre José Mestre para o Discovery Channel.

José Mestre nasceu com uma mancha escura mas aparentemente inofensiva na cara que se foi desenvolvendo.
«A malformação vascular e o angioma de que padece foram progredindo ao longo do tempo, apesar de José ter sido operado ao lábio inferior, aos 14 e aos 18 anos, para tentar conter a progressão da doença.»

Morreu ontem outra pessoa na Estação de Comboios de Massamá

A imagem "http://fotos.sapo.pt/raboleta/pic/0000765a/s500x500" não pode ser mostrada, porque contém erros.
Uma mulher de 35 anos morreu atropelada por um comboio, pelas 19h00 de ontem, na Estação da CP de Barcarena/Massamá. O acidente condicionou a circulação nos dois sentidos da Linha de Sintra durante 50 minutos. cm
Ver mais
CULS exige à REFER guarda pedonal para a estação de Massamá
Espadista Hugo Guerra morre em acidente ferroviário

quinta-feira, 13 de Setembro de 2007

Transportes em Massamá

Engraçado, é muito engraçado ler-vos, pois só falam duma única coisa, apesar de ser importante: Insegurança, ruídos a horas não convenientes, etc, etc,

Mas para quem vive em Massamá, Massamá Norte e Monte Abraão e que trabalha em Lisboa tendo que cumprir horários, nunca vos li uma única linha

Acerca das, ainda, péssimas saídas rodoviárias que estas localidades têm para chegar á IC19, já para não falar do tão prometido acesso à CREL por Massamá

Norte, bem como, da péssima rede de transportes públicos que existe nestas zonas, incluindo todo o concelho.

Julgo que já é tempo de Vcs Exas fazerem pressão perante as respectivas juntas de freguesia e da Câmara Municipal de Sintra. Ou será que vocês não necessitam de sair de manhã, em hora de ponta, das já referidas zonas para ir trabalhar ???

Favor divulgar, porque todos os problemas de Massamá e arredores ( e há muitos ) dizem directamente respeito a quem lá vive.

Carlos Chanoca

segunda-feira, 10 de Setembro de 2007

«Cidades esquecem medidas para prevenir criminalidade» Destak

Não é com estatísticas que se resolve a sensação de insegurança criada pela recente onda de assaltos a bancos e ourivesarias. Esta é a opinião de Manuel Ferreira Antunes, antigo director da Polícia Judiciária (PJ).

Iluminação é uma das falhas

Além de falharem na análise da criminalidade - com uma avaliação apenas quantitativa que não apura causas -, as autoridades também cometem erros na prevenção.

Ferreira Antunes considera que esta é uma temática transversal, que deveria ser trabalhada por todos os ministérios e pelas próprias autarquias. Mas estas estão «completamente divorciadas destas questões».

Um exemplo são os planos directores municipais, que não englobam medidas de prevenção. Isto quanto o desenho urbanístico das localidades pode ser um dos factores do surgimento de determinado tipo de crime.

«Ninguém com capacidade para aconselhar sobre esta matéria intervém na definição dos arruamentos, dos ângulos mortos ou da iluminação, no sentido de desconstruir o risco», explica o magistrado.

Sistema de rega mal programado na Av. Elias garcia

Nome: Nilton Fonte

Rua: Av. Elias garcia

Freguesia: Queluz

Problema: Mais uma vez me dirijo a esses serviços, sendo a 1ª por este endereço, o sistema de rega lado Esq. do prédio número 25 continua mal programado, ou seja, deita água para os carros, paredes etc, menos para dentro do jardim.
À consideração superior.

Foi enviado o problema por fax à Junta de Freguesia de Queluz e à Câmara Municipal de Sintra

sábado, 8 de Setembro de 2007

Espaços verdes de Massamá

Rua: Praceta Gervásio Lobato
Nome: LM
Problema: O novo logotipo da junta de Massamá é muito bonito. Mas a cor verde não me parece que condiga com o actual estado dos espaços verdes de Massamá, deveria ter sido escolhida a cor castanho ou cinzento.

sexta-feira, 7 de Setembro de 2007

A PSP mostra-se!

Ontem à noite na rua Mário Pinto. Até estiveram estacionados onde normalmente se junta um grupo, que depois de fechada a esplanada Jardins do Edem fazem a sua “tertúlia”.

Mas, há dois pontos negativos.

1º. – A PSP foi embora por volta das nove, (21.00 horas), e a esplanada fecha por volta das 23.30 horas.

2º. – Não tenho nada contra o convívio dos jovens que se juntam na rua a conversar. O problema, é que alguns aproveitam para mostrar aos outros, o roncar dos escapes, as acelerações com os pneus a guinchar, os peões e as travagens das “máquinas”.

Nota até aconteceu, ontem uma coisa engraçada. Um dos artistas equipado com um carro todo “tuning”, vindo do lado da R. Da Milharada, quando fez a curva para a Mário Pinto, assim que “topou” o carro da PSP, levantou o pé. Mas depois de virar à direita para a R. Direita, vá de calcar no pedal.

Estou perfeitamente de acordo que a PSP se mostre. Mas julgo que mais próximo da meia-noite uma passagem não seria má ideia.

Lopo Pegado, na Mailing List Massamá (já com mais de 40 pessoas)

A PSP mostra-se!

Ontem à noite na rua Mário Pinto. Até estiveram estacionados onde normalmente se junta um grupo, que depois de fechada a esplanada Jardins do Edem fazem a sua “tertúlia”.

Mas, há dois pontos negativos.

1º. – A PSP foi embora por volta das nove, (21.00 horas), e a esplanada fecha por volta das 23.30 horas.

2º. – Não tenho nada contra o convívio dos jovens que se juntam na rua a conversar. O problema, é que alguns aproveitam para mostrar aos outros, o roncar dos escapes, as acelerações com os pneus a guinchar, os peões e as travagens das “máquinas”.

Nota até aconteceu, ontem uma coisa engraçada. Um dos artistas equipado com um carro todo “tuning”, vindo do lado da R. Da Milharada, quando fez a curva para a Mário Pinto, assim que “topou” o carro da PSP, levantou o pé. Mas depois de virar à direita para a R. Direita, vá de calcar no pedal.

Estou perfeitamente de acordo que a PSP se mostre. Mas julgo que mais próximo da meia-noite uma passagem não seria má ideia.

Lopo Pegado, na Mailing List Massamá (já com mais de 40 pessoas)

segunda-feira, 3 de Setembro de 2007

FALTA DE POLÍCIA

< ![CDATA[

Rua: praceta cesário Verde

Problema:
Queria desde já dizer que esta ideia de criar um site, e ainda poder mandar a nosssa opiniao sobre alguns problemas foi muito bem pensao, e tambem a ideia de fazerem uma esquadra em massamá é muito bom.


Agora vai o meu problema, ja é a 5 vez, que sou assaltada nos elevador do meu predio, pedia mais policias na rua, sim, porque é muito raro me encontrar com um policia na minha praceta.


Gostava de ter tranquilidade a subir o meu elevador. Eles ( os assaltantes ) só dizem telemovel, dinheiro ou atao a casa. O que querem que uma pessoa faça. Ando a pensar sériamente a deixar esta regiao, isto assim nao dá.
Gostaria que lessem isto e que pensasem 2 vezes, ja pensaram que os voços filhos podem tambem ser confrontados com alguma situaçao destas e como não têm telemovem, nem dinheiro e são fracos ( ao ponto de baterem num assaltante) eles podem entrar na sua casa e roubarem-lhe.


Agradeçia por resolverem a minha situaçao.
Obrigado.

]]>

Cortem as arvores

< ![CDATA[Rua: Praceta João de Deus

Problema: oi ppl, tudo na boa? isto é assim, eu axo k deveria haver um aeroporto em massama pois o ppl necessita pra ir pro estrangeiro. axo k tb deveria haver o TGV em massama, pois assim o ppl podia ir pra espanha na boa e fast! por fim kero k cortem as arvores da traseira da praceta joao de deus porke kuase me entram pelo kuarto a cima e me destroiem o pc!
Fikem na boa!]]>

Novos candeeiros na praceta

< ![CDATA[Rua: Praceta Gervásio Lobato

Problema: Para quando a instalação de novos candeeiros na praceta, porque os actuais iluminam menos do que em certas aldeias do nosso Portugal profundo?!!!]]>

Roubos em Massamá

< ![CDATA[Problema: Olá, eu tenho 11 anos e moro em Massamá desde que nasci e reparei que existem cada vez mais roubos em massamá! No outro dia estava eu a jogar à bola no parque salgueiro maia, quando um rapaz de mais ou menos 13 anos me tirou o boné da cabeça e fugiu pelo autocarro!]]>

A falta de policiamento

< ![CDATA[Rua: Av. Azedo Gneco

A falta de policiamemto em primeiro lugar.

Na Av. onde vivo, quem tem muitas vezes que varrer a entrada no meu prédio é a minha mãe,pq a quem compete,passam lá muito poucas vezes e quando passam, varrem só onde lhes aptece.

Habito no R/c,como mencionado em cima,tenho 2 palmeiras quase a entrar pela janela do quarto a dentro e ninguem as vem cortar, após várias chamadas e ser mandada telefonar para meia dúzia de4 sitios,ainda ninguem fez nda.

Só as arvores da Av 25 de Abril, é que merecem ser tratadas e cortadas?

Ou se calhar, tenho que ir para os jornais ou mesmo para equeles canais televisivos sensasionalistas,quando alguem da minha casa espetar um bico da palmeira no olho ao abrir a janela.

Obrigada pelo tempo dispensado.]]>

Mais policia

< ![CDATA[Rua: rua da milharada

Problema:
devia a haver mais policia a vigiar de manhã Massamá , então é por isso não acontecer que á mais violençia]]>

Caes

< ![CDATA[Email: susyirmy@yahoo.com.br

Problema:
gostaria que ouvesse uns ploicias para quem anda com os caes a fazer aquilo no meio da rua!!!!!!!!!!!!!!!]]>

Policia - Procura-se!!!

< ![CDATA[Rua: Rua da Milharada

Policia - Procura-se!!!
Desapareceram de Massamá...
Passam-se meses sem se ver um...

Automóveis estacionados em cima dos passeios que obrigam as pessoas a virem para a rua com carros de bébé... Automóveis estacionados em cima das passadeiras de peões... Automóveis que passam sentidos proibidos como se fossem numa auto estrada... "Pessoas" que conduzem esses automóveis que não têm a menor noção do que é civismo, respeito pelos outros...]]>

Quinta das Flores

< ![CDATA[Rua: rua francisco spinola-quinta das flores

Ao Presidente da Junta:

Quando comprei a minha habitação em Massamá na Quinta das Flores achei que era o local apropriado para viver e ver os meus filhos crescerem. Nada mais errado.

O jardim da quinta das Flores está pejado de gatunos, drogados e malfeitores. A mata ao lado da Junta de Freguesia serve de "RAVE" para os Africanos, onde permitem haver churrascada e música até ás tantas, com uma grande afluência de pessoas.No outro dia estariam mais de 40 pessoas na mata eram 23:00.

Os clientes do café "Helvética" que está aberto até ás tantas, são pessoaos que vêm de muito longe só para beber café neste estabelecimento!!!. Lá se podem encontrar os maiores traficantes de droga e consumidores. Para além disso fazem barulho, corridas de carros, música aos berros, conversas que se ouvem dentro das habitações, e alguma habilidades próprias de se verem num autódromo. É vergonhoso quantas vezes a polícia é chamada, então ao fim de semana devem de receber dezenas de chamadas, chegando ao local não fazem nada.Estou farto de viver nesta freguesia onde impera a inércia. O jardim da quinta das Flores esta votado ao abandono. Relva crescida, na periferia nem há relva, é só mato. Já assisti a cenas de sexo em pleno dia no tanque-miradouro ao lado da Junta altura em que no Jardim passeavam as pessoas.

Frequentemente as pessoas nesse jardim são assaltadas. à noite são sempre os mesmos a se drogarem , são pessoaos muito jovens, muitos com 14 anos ou menos. Peço a atenção do Presidente da Junta para estes casos que estão a acontecer na Quinta das Flores. Já tenho medo de sair para a rua. O café se não for fechado terá de fechar mais cedo. Além disso é imprescindível a nova esquadra estar a funcionar, de outra maneira terei de me mudar, pois não quero viver no 3º mundo.]]>

Rua Dr. Alfredo da Costa

< ![CDATA[Rua: Rua Dr. Alfredo da Costa

Problema:
Por trás da Rua Dr. Alfredo da Costa existe um largo de acesso a garagens. Por vezes, de noite, determinadas pessoas vão a esse largo ora drogarem-se ora pintarem as paredes; pelo o cria muito mau ambiente. Que soluções dar a este problema?]]>

Quinta das Flores

< ![CDATA[Rua: R. Dr. F. R. Spínola

Problema: Na Urbanização da Quinta das Flores existe um café que tem hrário de encerramento às 24h. Este café à noite atrai, durante a noite muitos adolescentes, entre os quais diversos aceleras com carros tipo "Tunning" que se entretêm a fazer corridas desvairadas no bairro, piões, acelerar a fundo, musica em altos berros, etc.
A Polícia nunca cá aparece para pôr fim a estas palhaçadas e repor a calma e silêncio que são devidos.
A polícia que saia dos quarteis (do quentinho) e patrulhe as ruas durante a noite.]]>

Avenida Miguel Bombarda - A Avenida esquecida da Câmara Municipal de Sintra

Em 2003 a Câmara Municipal de Sintra disse ao Notícias da Amadora:

«Para já a CMS, em colaboração com a junta de freguesia local, está a elaborar uma Intervenção Operacional Estratégica de Queluz, que pretende requalificar algumas das zonas e reordenar o trânsito na freguesia. Uma das artérias que vai sofrer alterações é a Avenida Miguel Bombarda, junto à estação da CP de Queluz-Belas, cujos problemas de trânsito foram agravados pela abertura de uma nova via rodoviária que liga a avenida ao Palácio Nacional de Queluz.
Recentemente "fizemos um conjunto de inquéritos à população residente no local para saber que tipo de intervenção é a mais eficaz. É com base nestes inquéritos que estão a ser feitos os projectos de requalificação da avenida". A câmara está ainda a fazer um estudo de viabilidade para fazer uma alternativa rodoviária pelo Vale do Jamor "com o objectivo de retirar parte do trânsito que agrava os problema da avenida Miguel Bombarda". Além da construção da via "pretende-se fazer a requalificação paisagística de toda a zona envolvente".»

4 anos depois e nada...

Veja aqui em que estado se encontra a Avenida Miguel Bombarda em Queluz

«Esquadra da PSP continua"escondida" da população» - Jornal de Notícias


Instalações situam-se sob as arcadas de um edifício a escassos metros sede da Junta de Freguesia
«A maioria dos moradores e comerciantes de Massamá, uma das freguesias mais densamente povoadas do concelho de Sintra, não sabe que existe uma esquadra da PSP na zona. Localização e contactos do equipamento, inaugurado no passado dia 16, permanecem, com efeito, no segredo das autoridades policiais e da Junta de Freguesia local. Isto, enquanto os assaltos se multiplicam principalmente durante o dia.

No café de Pedro Alexandre, situado a escassos metros das instalações da PSP - na Rua Francisco Salgado Zenha - praticamente ninguém ouviu falar da esquadra. "Sei que houve para aí uma inauguração mas não sei onde, nem sequer temos contactos. O que é uma pena porque aqui na zona há problemas todos os dias" disse ao JN o comerciante. "Eu nem sabia que Massamá já tinha uma esquadra" afirmou, por seu turno, António Vaz, um dos clientes que se encontrava ao balcão daquele estabelecimento.

Na Mundimariscos, loja ligada ao comércio de peixe e marisco congelados, também ninguém se apercebeu da abertura da esquadra. "Não sei de nada e é muito raro vermos agentes na rua" garantiu ao JN a proprietária do estabelecimento. "Um dia destes atiraram uma pedra ao vidro da loja e levaram-me duas caixas de camarão, mas nada de polícia. Apareceu mais tarde a Polícia Judiciária para tirar impressões digitais", conta.

Noutra zona da freguesia, Áurea Rodrigues começou por se queixar do clima de insegurança que se vive na freguesia para confessar o seu desconhecimento sobre a existência da esquadra. "Não fazia ideia de que já temos a PSP aqui. Ninguém me disse nada, nem o meu marido que é segurança, sabe. E ainda no outro dia quando ele saiu de casa, às 5.30 da manhã, para ir marcar umas consultas, fiquei cheia de medo".

O JN questionou o Comando Metropolitano de Lisboa sobre a situação, solicitando ainda informações sobre uma eventual campanha de informação à população. A resposta foi a seguinte "Tendo em conta o tempo que medeia entre a abertura da subunidade e a presente data, é inoportuno fazer um balanço e pronunciar sobre as questões".

A esquadra situa-se num espaço cedido pela Câmara Municipal, sob as arcadas de um edifício, numa zona muito pouco visível para quem passa nas principais ruas da freguesia.

Presidente da Junta

A esquadra abriu há pouco tempo mas já está a funcionar em pleno, com 70 agentes. Houve um atraso por causa das ligações às telecomunicações. Mais vale tarde do que nunca. Esta zona é complicada e as pessoas já sabem a quem recorrer caso surja algum problema.»


Ninguém responde... Afinal qual é o número de telefone da esquadra?
Junta de Freguesia de Massamá e polícia fazem segredo do mesmo - JN.

«Esquadra da PSP continua"escondida" da população» - Jornal de Notícias


Instalações situam-se sob as arcadas de um edifício a escassos metros sede da Junta de Freguesia
«A maioria dos moradores e comerciantes de Massamá, uma das freguesias mais densamente povoadas do concelho de Sintra, não sabe que existe uma esquadra da PSP na zona. Localização e contactos do equipamento, inaugurado no passado dia 16, permanecem, com efeito, no segredo das autoridades policiais e da Junta de Freguesia local. Isto, enquanto os assaltos se multiplicam principalmente durante o dia.

No café de Pedro Alexandre, situado a escassos metros das instalações da PSP - na Rua Francisco Salgado Zenha - praticamente ninguém ouviu falar da esquadra. "Sei que houve para aí uma inauguração mas não sei onde, nem sequer temos contactos. O que é uma pena porque aqui na zona há problemas todos os dias" disse ao JN o comerciante. "Eu nem sabia que Massamá já tinha uma esquadra" afirmou, por seu turno, António Vaz, um dos clientes que se encontrava ao balcão daquele estabelecimento.

Na Mundimariscos, loja ligada ao comércio de peixe e marisco congelados, também ninguém se apercebeu da abertura da esquadra. "Não sei de nada e é muito raro vermos agentes na rua" garantiu ao JN a proprietária do estabelecimento. "Um dia destes atiraram uma pedra ao vidro da loja e levaram-me duas caixas de camarão, mas nada de polícia. Apareceu mais tarde a Polícia Judiciária para tirar impressões digitais", conta.

Noutra zona da freguesia, Áurea Rodrigues começou por se queixar do clima de insegurança que se vive na freguesia para confessar o seu desconhecimento sobre a existência da esquadra. "Não fazia ideia de que já temos a PSP aqui. Ninguém me disse nada, nem o meu marido que é segurança, sabe. E ainda no outro dia quando ele saiu de casa, às 5.30 da manhã, para ir marcar umas consultas, fiquei cheia de medo".

O JN questionou o Comando Metropolitano de Lisboa sobre a situação, solicitando ainda informações sobre uma eventual campanha de informação à população. A resposta foi a seguinte "Tendo em conta o tempo que medeia entre a abertura da subunidade e a presente data, é inoportuno fazer um balanço e pronunciar sobre as questões".

A esquadra situa-se num espaço cedido pela Câmara Municipal, sob as arcadas de um edifício, numa zona muito pouco visível para quem passa nas principais ruas da freguesia.

Presidente da Junta

A esquadra abriu há pouco tempo mas já está a funcionar em pleno, com 70 agentes. Houve um atraso por causa das ligações às telecomunicações. Mais vale tarde do que nunca. Esta zona é complicada e as pessoas já sabem a quem recorrer caso surja algum problema.»


Ninguém responde... Afinal qual é o número de telefone da esquadra?
Junta de Freguesia de Massamá e polícia fazem segredo do mesmo - JN.

Rua das Rosas

Rua: Rua das Rosas

Problema:
devia haver passadeiras em locais necessários não desnecessários e os moradores deveriam controlar os adjectos das suas mascotes.

mireille gilberto

Visibilade aos peões

Rua: Avª Aquilino Ribeiro

Problema: È de louvar a iniciativa da alteração da passadeira de peões na intersecção da avª Aquilino Ribeiro com a Avª Azedo Gneco... os meus parabéns.

Já agora para quando maior fiscalização das viaturas que estão estacionadas sobre a mesma passadeira e sobre os passeios, tirando os mesmos a visibilidade aos peões que a atravessam e aos próprios veículos que circulam, na intersecção das duas avenidas.

Armando Melo

Junta de Freguesia de Massamá e Polícia não divulgam número da esquadra da PSP

< ![CDATA[

Segundo o JN , PSP e Junta de Freguesia de Massamá mantêm em segredo número de telefone da Esquadra da Polícia de Segurança Pública de Massamá.

Sem qualquer campanha de divulgação da esquadra, a maioria da população residente em Massamá não tem qualquer conhecimento da existência da esquadra.

A PSP quando confrontada com a questão do desconhecimento revela uma atitude pouco prestável e em respsta ao JN diz "Tendo em conta o tempo que medeia entre a abertura da subunidade e a presente data, é inoportuno fazer um balanço e pronunciar sobre as questões".

 Em toda a Cidade de Queluz com mais de 100 mil habitantes não se vê qualquer patrulhamento, apenas carros da PSP que circulam. Esta queixa esteve presente nas várias pessoas entrevistadas pelo JN. 

Junta de Freguesia de Massamá e Polícia não divulgam número da esquadra da PSP

< ![CDATA[

Segundo o JN , PSP e Junta de Freguesia de Massamá mantêm em segredo número de telefone da Esquadra da Polícia de Segurança Pública de Massamá.

Sem qualquer campanha de divulgação da esquadra, a maioria da população residente em Massamá não tem qualquer conhecimento da existência da esquadra.

A PSP quando confrontada com a questão do desconhecimento revela uma atitude pouco prestável e em respsta ao JN diz "Tendo em conta o tempo que medeia entre a abertura da subunidade e a presente data, é inoportuno fazer um balanço e pronunciar sobre as questões".

 Em toda a Cidade de Queluz com mais de 100 mil habitantes não se vê qualquer patrulhamento, apenas carros da PSP que circulam. Esta queixa esteve presente nas várias pessoas entrevistadas pelo JN. 

sábado, 1 de Setembro de 2007

Porque não fazem um campo de futebol e de basket?

Nome = António Pinto
Problema = No Casal da Barota têm tanto espaço porque não fazem um campo de futebol e de basket? Este pais está uma vergonha.

Concorda com a instalação de parquímetros em Massamá?


A resposta dos residentes de Massamá é Não. De um total de 52 votos, 90% não concorda com a instalação de parquímetros em Massamá. 47 votos Não; 5 votos Sim.

Massamá Norte deve ser integrado na Junta de Freguesia de Massamá?


De um total de 36 votos, 80% defende a que Massamá Norte seja integrado na Junta de Freguesia de Massamá. Apenas 20% não concorda.






Opinião do Massamá, Cidade Aberta aqui...

Jornais

Últimas imagens

Roteiro da cidade de Queluz

Arquivo

Blogs

Últimos documentos

Últimos comentários

Últimos artigos

Economia

Internacional

Contacte-nos através do mail@queluz.org

Voltar ao topo  

雪茄网购| 雪茄| 哈瓦那雪茄| 雪茄价格| 雪茄烟网购| 雪茄专卖店| 雪茄怎么抽| 雪茄烟| 雪茄吧| 陈年雪茄| 大卫杜夫雪茄| 保利华雪茄| 古巴雪茄品牌| 古巴雪茄| 古巴雪茄多少钱一只| 古巴雪茄专卖网| 烟斗烟丝| 小雪茄| 金特罗雪茄| 帕特加斯d4 | 蒙特雪茄| 罗密欧朱丽叶雪茄| 网上哪里可以买雪茄| 限量版雪茄| 雪茄专卖| 雪茄专卖网| 雪茄哪里买| 买雪茄去哪个网站| 推荐一个卖雪茄的网站| 雪茄烟| 古巴雪茄价格| 雪茄海淘| 雪茄网| 帕拉森雪茄|

上車盤| 搵樓| 豪宅| 校網| 居屋| 貝沙灣| 美孚新邨| 嘉湖山莊| 太古城| 日出康城| 九龍站 | 沙田第一城| 樓市走勢| 青衣| 西半山| 西貢| 荃灣|

electric bike| best electric bike| electric bikes for adults| e bike| pedal assist bike| electric bikes for sale| electric bike shop| electric tricycle| folding electric bike| mid drive electric bike| electric trike| electric mountain bike| electric bicycle| electric bike review| electric fat bike| fat tire electric bike| women's electric bike |

school| international school of hong kong| international school| school in Hong Kong| primary school| elementary school| private school| UK school| british school| extracurricular activity| Hong Kong education| primary education| top schools in Hong Kong| Preparatory| best international schools hong kong| best primary schools in hong kong| primary school hong kong| private school hong kong| british international school| extra-curricular| school calendars| boarding school| school day| Bursary| British international school Hong Kong| British school Hong Kong| English primary school Hong Kong| English school Hong Kong| International school Hong Kong| School Hong Kong| boarding school Hong Kong| best school in Hong Kong| School fees|